Header Ads

Câmaras renovam 50% de bancadas no Crajubar

Política. As câmaras do Crajubar renovaram pouco mais de 50% de suas bancadas nas eleições do último domingo (2). Das 55 cadeiras disponíveis, 28 serão ocupadas por novatos. Crato renova 11 das 19 vagas, o que representa 57% da composição política local. Em Juazeiro do Norte, há 52% de novidades, que em números significa 11 das 21 cadeiras do legislativo municipal. Em Barbalha, apenas seis novos vereadores vão assumir em 2017, ou seja, apenas 40%.

Das três cidades, apenas o prefeito Zé Ailton (Crato) assume com tranqüilidade, por conseguir eleger a maioria dos vereadores de sua base aliada, seguindo o mesmo quadro dos anteriores prefeitos da cidade. Em Juazeiro, Arnon Bezerra pode sentir dificuldade em negociar com a Câmara, já que apenas dois nomes de sua composição saíram vitoriosos nas urnas. Em Barbalha, o cenário muda completamente em relação ao antigo gestor, Zé Leite, que tinha a maioria do parlamento. Argemiro tem apoio apenas de cinco edis, ou seja, 10 vereadores compõem a oposição ao novo gestor.

Com 160.170 mil votantes, Juazeiro teve pouca renovação no Legislativo, o que pode se tornar um desafio para a gestão do prefeito eleito Arnon Bezerra (PTB). Da própria coligação, apenas dois saíram vitoriosos nas urnas, o já experiente Tarso Magno (PRP) e o novato Damian de Firmino (PRTB), ou seja, 19 vagas seriam ocupadas por parlamentares da oposição.

A situação pode ser revertida, no entanto, com a desistência de Raimundo Macedo (PMDB) do pleito deste ano. Parte dos partidos que o apoiava conseguiu eleger 11 nomes. Da antiga coligação, os reeleitos Glêdson Bezerra (PMN), Sargento Nivaldo (DEM), Capitão Vieira (PEN), Darlan Lobo (PMDB), Preto Macedo (PMDB) e Claudionor Mota (PMN).

O grupo das novidades é formado por Zé Barreto (PPS), Rosane Macedo (PPS), mulher de Ronnas Moto, David Araújo (PEN), Domingos Borges (PPS) e Seu Valmir (PPS). Apesar de alguns partidos aliados à antiga coligação de Raimundão terem declarado apoio ao candidato derrotado Gilmar Bender (PDT), a oposição a Arnon se concentra, desde o início e oficialmente, com candidatos coligados ao empresário pedetista.

Sete nomes da coligação de Bender foram eleitos. Entre eles, Aninha Teles (PDT), Rita Monteiro (PDT), Cicinho Cabeleireiro (PPL), Marcio Joia (PDT), Auricélia Bezerra (PDT), Demontier Agra (PPL) e Adauto Araújo (PSC). Além deles, Jacqueline Gouveia, (PRB) que era do mesmo partido da candidata Flávia Soares. Ainda na cidade, cinco mulheres vão compor à bancada em 2017. Em percentagem, isso equivale quase a 27%, ou seja, 73% das cadeiras serão ocupadas por homens. Atualmente, apenas Mara Torres, Didi de Amarílio e Rita Monteiro ocupam vaga na Câmara de Juazeiro.

Em Crato, o prefeito eleito Zé Ailton Brasil (PP) também conseguiu eleger quase 79% da Câmara Municipal. Das 19 vagas, 15 serão ocupadas por nomes que compõem a sua base coligada. Entre eles, vereadores reeleitos como Nando Bezerra (PTB), Thiago Esmeraldo (PP), Pedro Alagoano (PSD), Amadeu de Freitas (PT) e Fernando Brasil (PP). Lá, eram esperados 76. 927 sufrágios.

As novidades para a bancada de 2017 são Tico (PSC), Adil Amorim (PSC), Lunga (PSD), Renan de Almeida (PEN), Antônio de Mano (PPL), Maurício Almeida (PDT), Pedro Lobo (PT), Professor Gilson Alves (PT do B), Vicência Leandro (PMN) e Florisval Coriolano (PRTB), que retorna ao Legislativo após quatro anos.

Apenas quatro vereadores vão compor a base de oposição ao novo prefeito cratense. Os reeleitos Raimundo Soares, mais conhecido como Guri (PV), Jales Veloso (PSB) e Bebeto (PTN), além da espora do edil Francisco Helder, Ticiana de Guer (PSDB), eleita pela primeira vez. Mesmo com o aumento do público feminino, já que atualmente apenas Nágila Rolim representa o Legislativo local, o número é de apenas 10,52%, ou seja, 89,48% da bancada continuará representada por homens.

Em Barbalha, a Câmara terá novos nomes em sua composição. A renovação conta com seis edis, que ocuparão as cadeiras da Câmara de Vereadores local. Capitão (PC do B), Professor Ilânio (PDT), Tácio Honorato (PT do B), Welton Vieira (PSDB), Carlito (PT do B) e Hamilton Lira (PTN). Dos partidos presentes na coligação “Muda Barbalha”, que apoiaram o prefeito eleito Argemiro Sampaio, há cinco representantes do PSDB, PMDB e PT do B.

Enquanto Juazeiro e Crato possuem baixa representatividade feminina, com cinco e duas mulheres respectivamente, em Barbalha, nenhuma mulher foi eleita. Atualmente, a Câmara barbalhense conta apenas com a presença da vereadora Cícera Show (PRB).

Nas Eleições 2016, o vereador Rosário (PTN) foi o mais bem votado de Barbalha, com 1.401 votos, sendo seguido por Rildo Teles (PMDB) e Odair (PT), com 1.370 votos cada, e Capitão (PC do B), que foi eleito com 1.310 votos. O PT é o partido com mais representantes: Odair, Dorivan e Daniel. Na cidade, há 39.501 eleitores.            (Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.