Header Ads

Lançamento de Livro-Catálogo no dia 28/10 e nova data de encerramento em 31/10 movimentam a Exposição ‘Sérvulo Esmeraldo: A Linha, A Luz, O Crato’

É intensa a visitação à exposição de Sérvulo Esmeraldo em sua cidade natal, o Crato, nos últimos dias em cartaz com novo prolongamento para conferir a mostra “A Linha, A Luz, O Crato” agora até 31/10, no Campus do Pimenta da Universidade Regional do Cariri (URCA) e na Encosta do Seminário.


Antes do final da exposição, que também adianta festejos aos 88 anos de vida do artista a serem completados em fevereiro de 2017, Sérvulo Esmeraldo estará presente na URCA, nessa sexta-feira, dia 28/10, das 19 às 21 horas, para o lançamento do livro catálogo com 123 páginas, sob design gráfico da Verve Comunicação e ilustrado com reproduções coloridas fotografadas por Gentil Barreira de todas as 58 obras expostas - esculturas, relevos, gravuras e a magistral série de desenhos inéditos, intitulada ‘Suíte Araripe’. A publicação bilíngüe traz capa desenhada por Guto Lacaz, sendo recheada por textos da curadora da mostra Dodora Guimarães, também parceira de vida de Esmeraldo há mais de 30 anos, além de escritos pelo jornalista Gilmar de Carvalho e pelo arquiteto Romeu Duarte. 

O mestre Esmeraldo ainda presenteará a sua Terra Berço e ao Cariri com o anúncio, guardado para a noite do lançamento do livro-catálogo, de que doará uma obra à URCA, ainda a revelar, assim como as maravilhosas “PIRÂMIDES” que estão expostas na Encosta do Seminário, em frente ao Seminário Diocesano São José, e ficarão definitivamente para a cidade do Crato.

Assim, a exposição ‘Sérvulo Esmeraldo: A Linha, A Luz, O Crato’ faz do grande sonho do artista, uma agigantada e memorável realidade, ao mostrar pelo Cariri a sua obra até a maturidade, através da realização pelo Instituto Sérvulo Esmeraldo e o NUPROCE, juntamente aos preciosos apoios do Governo do Estado do Ceará, Banco do Nordeste do Brasil e da Guanabara. A mostra festeja ainda os 30 anos da Universidade Regional do Cariri (URCA), exibindo a dinâmica trajetória de Sérvulo, construída como escultor, gravador e desenhista de notório reconhecimento nacional e internacional, muito bem representada na exposição também em homenagem ao Crato.

(Assessoria de Comunicação)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.