Header Ads

Liga Acadêmica de Oncologia da Estácio de Juazeiro realiza ações pelo Outubro Rosa

Dentro da campanha do Outubro Rosa, a Liga Acadêmica de Oncologia da Estácio FMJ, em Juazeiro do Norte, realiza um trabalho de divulgação, orientação e promoção de debates junto a alunos e professores. A iniciativa busca destacar a importância da prevenção do câncer de mama e de colo do útero.

A programação traz, no dia 24, o Minicurso sobre o Autoexame, durante a Semana de Iniciação Científica da Estácio. Já no dia 27, acontece a Roda de Conversa com estudantes, por meio de parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

Segundo a presidente da Liga Acadêmica de Oncologia, Jéssica Feitosa Cavalcante, esse trabalho vem sendo realizado anualmente, desde 2012. As ações, como o Minicurso e a Roda de Conversa, se integram ainda com panfletagens educativas e distribuição de laços cor-de-rosa, além da fixação de símbolos nos painéis e flanelógrafos da instituição.
            
       No Brasil, a Estácio tem realizado atividades pelo Outubro Rosa, várias ações, nos seus mais diversos cursos. Envolve desde discussões a ações da comunidade acadêmica e à própria sociedade.
            
      A ideia é debater como o câncer de mama impacta as mulheres na sociedade brasileira.  Um dos exemplos, além do Cariri cearense, é realizado pela ONG Amor Rosa, na Bahia, instituição sem fins lucrativos e que ajuda pacientes portadoras da doença e com baixa renda. Com isso, traz, além de relatos, a campanha “doe lenços”, que ajudará essas mulheres que não têm condições financeiras a obter um lenço e melhorar a sua autoestima. Os lenços arrecadados serão esterilizados antes da entrega.

Para participação do debate é preciso que os convidados estejam vestidos de blusa rosa e tragam lenços que serão doados. “É importante o diálogo sobre o tema, pois acreditamos que ações sociais e de conscientização ajudam a formar cidadãos melhores não só para o mercado de trabalho, como para a vida”, explica Eduardo Roberto Priore, gestor do Centro Universitário Estácio de São Paulo. Para encerrar a roda de conversa, artistas e músicos da Bahia falam sobre a importância da prevenção e doação de lenços para a campanha.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.