Header Ads

Saiba quais são os concursos mais aguardados para 2017

Brasil. Faltam menos de três meses para terminar o ano e já aumentam as expectativas sobre os concursos que estão previstos para 2017. Diversos órgãos federais se programam para selecionar milhares de servidores para os seus quadros de pessoal.
Economistas preveem que no ano de 2017 a economia do País melhore e, com isso, cresce a probabilidade de serem abertas novas seleções que estavam paradas por conta do corte no orçamento. Confira:
Banco do Brasil
Com a validade do último concurso para escriturário em São Paulo encerrada em 8 de maio, a instituição deve iniciar novo certame para a carreira, no sentido de permitir eventuais reposições de pessoal. O processo seletivo deve ocorrer após uma nova seleção para seis outros Estados, prevista para ocorrer em breve. A exigência para o cargo é de ensino médio, com inicial de R$ 3.644,48.
Caixa Econômica
A Caixa Econômica Federal sofre com alta defasagem de pessoal e, por isso, é grande a expectativa para que o órgão inicie um novo concurso em 2017. A carreira de técnico bancário é destinada aos candidatos com nível médio completo e apresenta inicial de R$ 2.932,32.
Correios
Os servidores dos Correios pressionam o órgão pela realização de concurso. Já é confirmado que a estatal tem uma defasagem de pelo menos 20 mil servidores. As oportunidades do novo certame em análise deve ser para as funções de carteiro e operador de triagem e transbordo (OTT), ambas de nível médio e com remuneração de R$ 2.712,98 e R$ 2.376,48, respectivamente. Sindicatos da categoria querem que a empresa retome em breve os preparativos do certame.
Ministério da Fazenda
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, assinou pessoalmente um novo pedido de concurso que foi enviado ao Ministério do Planejamento no final de maio. Para o MF, foram pedidas 847 vagas, sendo 787 para assistente (nível médio) e 60 para analista (superior). Os salários ficam entre R$ 3.756,82 e R$ 4.969,02.
Polícia Federal
Quem pretende participar do concurso da Polícia Federal, para delegado e perito, cujo pedido de liberação de verbas tramita no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), pode contar com mais um incentivo. Acontece que tramita, na Câmara dos Deputados, o projeto de lei 5.865/2016, que prevê reajustes salarial para as carreiras. A oferta para o novo concurso será de 558 vagas, sendo 491 para delegado e 67 para perito. Para concorrer a perito é exigido nível superior em áreas específicas e para delegado, superior em Direito e três anos de atividades jurídica ou policial.
Polícia Rodoviária Federal
Embora o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão tenha devolvido para o órgão o pedido de autorização do concurso para o preenchimento de 1.500 vagas no cargo de policial rodoviário, a corporação constituiu, recentemente, um grupo de trabalho para elaboração de um novo edital de concurso, ainda sem data definida para publicação. Para concorrer é necessário nível superior em qualquer área de formação e carteira de habilitação a partir da categoria "B". A remuneração é de R$ 7.167,91, com jornada de 40 horas semanais.
Ministério do Trabalho
O Ministério do Trabalho reencaminhou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) o pedido de realização de concurso para 847 vagas de auditor-fiscal do trabalho. Em 2014, o MPOG encaminhou ao Ministério do Trabalho uma nota, na qual informava que concederia o provimento de 847 vagas para o cargo no decorrer dos próximos três anos, ou seja, até 2017. Apesar dos cortes orçamentários anunciado pelo Governo, é grande a expectativa para que o aval seja liberado em breve. A carreira exige formação superior e o salário atual é de R$ 16.201,64.             (Diário do Nordeste)
Principal

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.