Header Ads

Ato de estudantes na Urca não afetará realização do Enem, diz instituição

Estudantes da Urca ocupam reitoria, no Crato, em protesto
contra PEC 241. FOTO: Franklin Arruda de Lima
A realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não será comprometida na Universidade Regional do Cariri (Urca), no Crato, Sul do Ceará. Apesar da ocupação dos estudantes no prédio da reitoria da instituição, desde o dia 25 de outubro, o chefe do gabinete da Urca, Germano Pinto, acredita que o protesto não afetará o andamento das provas.

“Eu acredito que não afetará a realização das provas do Enem que ocorrerá neste fim de semana. Os alunos estão neste momento acampados na reitoria e não nas salas de aulas”, disse.

Ainda segundo Germano, houve uma reunião entre os manifestantes e diretores da Urca, em que ficou determinado que o ato dos alunos não atrapalhará a realização dos exames do Enem. “Tivemos uma reunião com os manifestantes na última quarta-feira pela tarde e eles não devem impossibilitar a realização das provas. Haverá uma reunião nesta quinta-feira às 16 horas com os líderes do protesto para decidir como funcionará a ocupação nos dias que serão aplicadas as provas do Enem aqui na Urca”, afirmou.

Protesto em Fortaleza

Além da ocupação na Urca, há ato similar no Ceará na Universidade Federal no Ceará (UFC), em Fortaleza. Estudantes de Geografia da UFC ocupam desde a noite de terça-feira (1º), em protesto contra a PEC 241, que estabelece um teto de gastos nos investimentos federais.

“É necessário que possamos estabelecer uma unidade entre estudantes de todos os cursos da graduação e pós-graduação, bem como professores, funcionários e todos os estudantes secundaristas que iniciaram essa luta e nos fortalecem para continuarmos lutando pela educação”, afirma o grupo sobre a decisão pela ocupação.

Sobre a possibilidade da realização das provas do Enem na UFC serem comprometidas devido à ocupação dos estudantes de Geografia no campus, a assessoria da instituição de ensino até a publicação desta matéria não havia se posicionado.

PEC 241

O plenário da Câmara dos Deputados concluiu na madrugada desta quarta-feira (26), após cerca de 14 horas de sessão, a análise em segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos.

Aprovado pela Câmara, o texto seguirá, agora, para análise no Senado, onde a expectativa é de votação em 13 de dezembro.                  (G1)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.