Header Ads

Confira dez mitos e verdades sobre o Enem

Brasil. Nos dias 5 e 6 de novembro, mais de 8,6 milhões de pessoas devem comparecer aos locais de prova para participar da edição 2016 do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Se você é uma delas, precisa estar preparado e bem informado para não cometer nenhum deslize que possa prejudicar nessa etapa tão importante da vida, que é ingressar no ensino superior. Ainda tem dúvidas sobre o exame? O UOL ajuda. Veja dez mitos e verdades sobre o exame!
1) Não posso ficar com celular no bolso na hora da prova. VERDADE
Antes do início da prova, os fiscais disponibilizam uma embalagem porta-objetos para que o candidato coloque todos os itens que são proibidos no edital, o que inclui celulares. Ela é lacrada e mantida embaixo da cadeira do participante até o final do exame.
“Se acontecer de o candidato esquecer de tirar o celular da bolsa, de entregar, de desligá-lo, ele corre o risco de o aparelho tocar no meio do exame. Se isso acontecer, o candidato é desclassificado”, conta Adilson Garcia, diretor do Ensino Fundamental 2 e Médio do Colégio Vértice.
2) Tirar foto na hora da prova gera desclassificação. VERDADE
Se não pode nem portar celular na hora da prova, quem dirá tirar uma foto dela e postar nas redes sociais? Em 2013, 36 pessoas foram desclassificadas do exame depois de postar imagens da prova e dos cartões de resposta.
“A organização do Enem faz buscas nas redes sociais durante e após o exame para verificar possíveis irregularidades. Então nada de ficar com o celular, muito menos tirar foto na hora da prova”, afirma Fernando Nizoli, coordenador e couch das turmas do Hexag Vestibulares.
3) Dormir ouvindo a matéria ajuda a fixar conteúdo. MITO
Gravar a aula do professor daquela matéria que você tem mais dificuldade para ouvir em casa enquanto dorme não vai resolver o seu problema com a disciplina, porque conhecimento não entra na cabeça “por osmose”.
“Se fosse verdade, seria fácil. Era só colocar o livro embaixo do travesseiro e ir dormir para amanhecer preparado para a prova. Não tem escapatória, tem que estudar o conteúdo para ter um bom resultado”, afirma Garcia.
4) Tenho que considerar o fuso horário da minha cidade. PARCIALMENTE VERDADE
Você só vai poder entrar no local de prova até as 13h, horário oficial de Brasília. Por isso tem que ficar atento se você mora em um Estado que tem um fuso horário diferente do de Brasília ou se no seu Estado não funciona o horário de verão.
Nos Estados do Nordeste, em Mato Grosso, no Mato Grosso do Sul, em Tocantins, no Pará e no Amapá o fechamento dos portões deve acontecer às 12h. No Amazonas, em Roraima e em Rondônia, às 11h; e no Acre, às 10h.
5) Documento autenticado não será aceito no local de prova. VERDADE
Só documentos originais com foto serão aceitos para realizar a prova. São eles: RG, carteira de trabalho, certificado de reservista, passaporte, carteira de habilitação ou carteira de conselho de classe.
Quem tiver pedido ou extraviado o documento, ou se ele tiver sido roubado ou furtado, vai ter que apresentar boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro dia de aplicação do Enem.
Nesse caso, o candidato será submetido à identificação especial, que compreende a coleta de dados e da assinatura do participante em formulário próprio.
6) Redação sem título ganha nota zero. MITO
O Enem não obriga o participante a fazer um título para a redação. “Aqui no cursinho damos a orientação para que o aluno coloque um título no seu texto dissertativo-argumentativo. Mas isso depende do treinamento que o candidato teve, se ele consegue concluir a redação em tempo hábil. Cada caso é um caso”, afirma Nizoli.
Para Garcia, o aluno pode pensar no título em duas ocasiões: antes de escrever o texto, quando já sabe como vai ser a sua redação, ou ao longo da construção do texto. Nunca no final. “O que não pode é perder o tempo de estar resolvendo outras questões pensando em um título para a redação, que é completamente opcional”, afirma.
Apesar de não contar pontos extras para quem colocar o título, Garcia afirma que ele facilita a correção da redação para os corretores.
7) Posso levar o caderno de questões para casa. PARCIALMENTE VERDADE
O candidato só vai poder sair com o caderno de perguntas se ele deixar o local faltando ao menos meia hora para terminar a prova. Se tentar sair com ele antes desse período, corre o risco de ser eliminado do exame.
“Sempre orientamos ao aluno usar todo o tempo possível para responder a prova. É muito legal sair com o caderno de questões. Mas, se o aluno é muito ansioso, recomendamos não conferir as questões, para que isso não atrapalhe o rendimento na prova do próximo dia”, aconselha Nizoli.
8) É melhor não responder do que chutar. MITO
Não é para deixar questões em branco. “Se deixar uma questão em branco no cartão de respostas, ela vai ser considerada nula da mesma maneira que seria se o candidato tivesse errado, porque o que vale é a leitura ótica do cartão”, explica Nizoli.
Mas não é para chutar ao acaso. “O aluno precisa ter uma estratégia definida antes de começar a resolução dos itens das questões colocadas na prova. É preferível começar sempre pelas perguntas mais fáceis, depois passar para as de nível intermediário, até as mais complexas, muitas vezes o candidato nem sabe como resolver. Nesse caso, ele precisa ler o enunciado e ir eliminando as respostas improváveis, ou seja, dar uma lógica ao chute”, diz Garcia.
9) Tomar álcool antes da prova acalma. MITO
O álcool pode até ter efeito relaxante, mas ele vai tirar a sua atenção na hora da prova e você não quer isso. “Bebidas alcoólicas deixam a pessoa relaxada para dormir, para bater um papo, mas não para fazer algo que necessite da sua inteira atenção, como é o caso do Enem. Então, é bom evitar”, afirma a diretora da Equilibrium Consultoria em Saúde e Nutrição, Cynthia Antonaccio.
Segundo ela, em vez de álcool, é aconselhável tomar muito suco de maracujá e chá de hibisco. “Vai tomando antes mesmo de começar a prova. Esses alimentos, além das questões nutricionais, hidratam e te deixam mais confortável para fazer a prova com calma”, acrescenta.
10) Tem minuto de tolerância para entrar no local de prova. MITO
Os portões serão fechados a partir das 13h no horário oficial de Brasília, em todas as unidades da federação, nem um minuto a mais, nem um minuto a menos. Então, a orientação é chegar com ao menos uma hora de antecedência nos locais de prova.            (UOL)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.