Header Ads

Redação do ENEM discute intolerância religiosa

Brasil. Um dos maiores debates do ano na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) foi findado no começo da tarde deste domingo (06), quando os candidatos receberam os cadernos de prova. Desta vez, a organização apostou na discussão da Intolerância Religiosa como tema da redação.
Quem não está fazendo o ENEM soube do tema quando a conta oficial do Inep no twitter comunicou. “E a galera vai escrever sobre 'caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil'”, dizia o comunicado publicado por volta das 12h35 (horário de Fortaleza).
As redações com sete linhas ou menos receberão nota zero. A estrutura deve ser dissertativo-argumentativa, ou seja, os candidatos devem expor argumentos relacionados ao tema da redação, elaborando-os de forma consistente e coerente.
As redações serão avaliadas de acordo com cinco competências: domínio da norma-padrão da língua escrita, compreensão da proposta da redação e aplicação de conceitos de diversas áreas do conhecimento para desenvolver o tema; capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações para defender um ponto de vista; conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação e elaboração de proposta de intervenção ao problema abordado, respeitando os direitos humanos.                 (Cnews)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.