Header Ads

Economistas preveem divórcio de casais com duas perguntas

Brasil. E se um economista pudesse prever o futuro de um relacionamento? Conforme a Exame.com, foi exatamente o que dois pesquisadores da Universidade de Virginia, nos Estados Unidos, tentaram. Com apenas duas perguntas, eles tentam prever as chances de um casal continuar junto depois de seis anos de relacionamento.

Os pesquisadores reuniram dados de 3.600 casais heterossexuais. Dentro de um questionário nacional, os casais responderam duas perguntas específicas sobre o assunto.

"Mesmo que seja muito improvável, imagine por um momento como diversas áreas da sua vida mudariam se você se separassem. Como você acha que sua felicidade, em geral, ficaria?", foi a primeira pergunta. As respostas variavam de Muito pior para Muito melhor, numeradas de um a cinco. Já o questionamento seguinte era: "E como você acha que ficaria a felicidade do seu parceiro nessa mesma situação?"

Segundo a Exame.com, 7% dos casais se divorciaram seis anos após a pesquisa. A resposta que mais fez diferença foi a da segunda pergunta. Os resultados apontam que os casais que se divorciaram foram justamente os que, à época da pesquisa, não conseguiram analisar se seu parceiro ficaria feliz ou triste fora do relacionamento.

Risco de separação 

O estudo aponta que tinham um risco 8,6% maior de se separar os casais que tinham percepções incorretas a respeito da felicidade do parceiro. O risco maior, de 12%, era entre a expectativa de um e a felicidade do outro. Outro resultado importante é que, ainda conforme o estudo, exagerar na felicidade do outro é mais prejudicial do que subestimar. Dentre as taxas de divórcio, as maiores surgiram entre as pessoas que achavam que seus parceiros estavam mais felizes (e sentiriam mais falta deles) do que a realidade.

Era 13,1% maior o risco de separação quando o marido superestimava a felicidade da esposa. A chance crescia 14,5% quando a esposa exagerava na expectativa.

De acordo com a conclusão do estudo, quando supomos que a outra pessoa está feliz, a preocupação em nos agradar é menor. Outra indicação importante é que quando há falha na comunicação do casal, as coisas tendem a dar errado. Os casais sempre mosram sinais disso anos antes do final acontecer.                 (O Povo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.