Header Ads

Prefeitos eleitos de Potengi e Araripe são diplomados pela Justiça Eleitoral

Prefeitos eleitos de Potengi e Araripe são diplomados
pela Justiça Eleitoral. FOTO: Júnior Sultério
Política. O auditório do fórum da comarca de Araripe, na região do Cariri Oeste ficou tomado por vários amigos, adeptos e correligionários de ambos os segmentos partidários, que acompanharam a solenidade de diplomação dos candidatos eleitos ao posto de prefeito, vice prefeito e vereador dos municípios de Araripe e Potengi. A solenidade foi presidida pelo juiz eleitoral da 68 zona eleitoral André Luís Parizio Maia. 

O juiz eleitoral André Luiz Parísido, destacou ser o ato um encerramento de um processo eleitoral com a sensação do dever cumprido visto que conseguimos atender toda a demanda dos candidatos, coligações e advogados além de podermos esperar que os candidatos eleitos possam exercer os seus mandatos visando sobre tudo o bem estar da coletividade em prol da população. 

O prefeito reeleito de Araripe, Giovani Guedes afirmou que a diplomação e um aval legal para que a gente possa assumir o nosso mandato administrativo no ano de 2017, onde já começamos a assumir os destinos municipais com inúmeros problemas como a seca, que esta assolando o município e trazendo inúmeras consequências ao homem do campo, que hoje está passando sede devido a falta de políticas públicas que venham minimizar esse sofrimento, e que para solucionar essa demanda seria necessário que o governo do Estado, veja a possibilidade de instalar uma bomba no poço PP5  para que se possa levar água em abundância não só a população de Araripe, mas aos municípios de Campos Sales e Salitre, que padecem o mesmo sofrimento, visto ser um dos nossos maiores mananciais hídricos que há na região do Cariri Oeste, e que a zona rural de Araripe está complemente em colapso. 

Além, de estarmos enfrentando dificuldades quanto a drástica redução do Fundo de Participação dos Municípios (FPM)  onde hoje o lema dos municípios, está sendo a economicidade porque quem não fizer gestão tem dificuldade em terminar o mandato, concluiu ele.


A prefeita de Potengi, Antonia Alizandra  Gomes,  pontua ser a diplomação  um gesto de nobreza e o reconhecimento da população de Potengi, em ter nos dado uma oportunidade, para que nós, como a primeira mulher eleita no município possa administrar para um universo de 12 mil habitantes, o meu maior desafio como um município pobre e pequeno está sendo a seca, para isso nos já estamos pedindo ao governador Camilo Santana, que ele volte suas ações a fim de que possamos ter mais açudes e poços profundos para minimizar o sofrimento do homem do campo. 

Nosso maior dilema será o corte dos governos estadual e federal para com os municípios, por isso temos que nos esmerar administrativamente para que só assim possamos ter ações que venham contribuir para tenhamos maior ritmo de economicidade e com isso pautarmos ações que sejam mais focadas como as área de saúde, educação e assistência social e a agricultura familiar, com o estimulo a instalação de cooperativas e o associativismo.

Quero, inclusive fortalecer a nossa moeda econômica que será o estimulo a produção de Ferro, com politicas e ações que venham oportunizar um maior incremento na geração de emprego e renda para os ferreiros, oportunizando a eles, a implementação de ações como a construção de um moderno galpão industrial a fim de que tenham como melhor dinamizar o nosso maior potencial e absorver com isso a oferta para uma melhor mão de obra padronizada e qualificada, concluiu ela.                            (Jornalista Amaury Alencar)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.