Header Ads

Ceará tem gasolina mais cara do Nordeste

Não bastasse outros produtos básicos para o cidadão estarem cada vez mais caros no Ceará, a gasolina - que influencia também nos preços de uma infinidade de itens - continua entre as mais caras do País. A última pesquisa do ano de 2016 feita pela Agência Nacional de Petróleo, Gas Natural e Biocombustíveis (ANP), entre 25 e 31 de dezembro, constatou que o Estado continua com o preço médio para o litro da gasolina mais caro entre os nove estados do Nordeste.

O preço médio registrado pela ANP após conferir as tabelas de 204 postos de combustíveis cearenses foi de R$ 3,978 para o litro da gasolina. O valor colocou o Estado no topo do ranking de mais caros da Região, seguido por Rio Grande do Norte (R$ 3,933/l), Bahia (R$ 3,796/l), Alagoas (3,746/l), Sergipe (R$ 3,732/l), Paraíba (R$ 3,654/l), Piauí (R$ 3,617/l), Maranhão (R$ 3,609/l) e Pernambuco (R$ 3,605/l).

Canindé lidera

A pesquisa ainda aponta Canindé como a cidade cujo o preço médio da gasolina é o mais caro de todo o Ceará. Após conferir os valores das bombas de oito postos de combustível, a ANP contabilizou o preço médio de R$ 4,096 por litro como o maior.

Ao todo, 15 cidades foram visitadas pelos fiscais da ANP e a apontada com a de menor valor para o litro da gasolina foi Crato, no Cariri cearense. A média entre os nove postos pesquisados na cidade apontaram um valor de R$ 3,901 por litro.

Fortaleza também foi pesquisada pela Agência na última semana do ano e teve a maior quantidade de postos visitados - 72 estabelecimentos ao todo. O valor médio apontado pela ANP para a Capital foi de R$ 3,985/l.

Comparativo das regiões

Já quando a base de comparação são as cinco regiões brasileiras, o Norte lidera a lista dos preços médios mais caros da gasolina entre 25 e 31 de dezembro de 2016, conforme a ANP. Ao apontar R$ 3,979 para cada litro do combustível, a região entrou 2017 como a mais cara do País.

A região Sul é a vice-líder neste comparativo, ao registrar R$ 3,759 por litro de gasolina. O valor ainda foi maior que o da região Centro-Oeste, onde o preço médio do litro da gasolina chega a R$ 3,758.

O Nordeste figura como a segunda menos cara do Brasil, abaixo apenas do Sudeste. Para os 1.132 postos nordestinos pesquisados, o litro da gasolina custou R$ 3,752, enquanto que a média calculada para os 2.750 estabelecimentos do Sudeste contabilizaram R$ 3,721/l.                          (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.