Header Ads

Bird avalia demanda para investimentos na Região Metropolitana do Cariri

O Governo do Ceará está articulando novo empréstimo, junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), no valor de 160 milhões de dólares, a serem investidos em obras estruturantes na Região Metropolitana do Cariri. Grande parte desses recursos envolve projetos de construção de estradas interligando os municípios da RMC. Para as três cidades pólos - Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha -, os investimentos serão para o trânsito e transportes. Por toda esta semana, uma comissão do Bird estará no Cariri para inspecionar as obras que estão em andamento e que são patrocinadas pela institui- ção. Na ocasião, serão apresentados aos representantes do Banco os projetos e ideias para esse novo investimento e, assim, começar a trabalhar junto aos prefeitos dos municípios contemplados. 

O Estado já decidiu entrar com a contrapartida das obras maiores e vai negociar com os gestores municipais a contrapartida para os projetos de menor porte. A informação é do secretá- rio estadual das Cidades do Ceará, Jesualdo Farias, que assumiu o cargo no último dia 13 de fevereiro. Ele disse que o Governo trabalha com a possibilidade de transformar o Cariri em um dos maiores centros turístico do Nordeste, haja vista o grande potencial que a região tem e que o valor dispensado a esta riqueza está bem abaixo de sua própria grandeza. “Com o pensamento de que precisamos criar uma cultura de valorização é que o Governo vem investindo em infraestrutura no Cariri”, disse Jesualdo, citando a construção de hospitais, escolas, universidades, cursos profissionalizantes, três teleféricos em Barbalha, Juazeiro do Norte e Crato, pavimentação de avenidas e, daqui a um ano, concluirá o Cinturão das Águas e possivelmente implantará o Parque de Energia Eólica. 

O secretário disse que o Governo precisa melhorar a política de saneamento básico e de resíduos sólidos, além de outras frentes de um processo que objetiva qualificar o setor turístico, principalmente o internacional. Conforme Jesualdo, uma das maiores dificuldades enfrentadas pelo Estado para buscar investimentos para os municípios caririenses constituem-se no fato do Cariri ainda não ter sua região metropolitana reconhecida e seu conselho efetivado. O colegiado metropolitano corporifica o somatório integrado das competências e atribuições dos municípios formadores, onde os interesses passam a ser comuns dentro das funções administrativas e executivas. 

Para Jesualdo, quando a Região Metropolitana do Cariri for devidamente reconhecida, haverá maior flexibilidade na consignação dos serviços públicos, como saú- de, educação, saneamento básico, estradas, transportes, políticas de segurança pública e outros bens. Só assim será possível a implantação desses projetos com menos recursos e a união dos prefeitos dos municípios integrados. “Para que o conselho seja efetivamente real, faltam a vontade e a aglutinação de esforços de todos, porque a lei está aprovada”, ressaltou o secretário. 

A secretaria das Cidades do Ceará está disposta a enfrentar esse desafio, chamando para um debate a população, o Governo e as instituições educacionais, no sentido de trabalharmos a questão da consolidação da Região Metropolitana do Cariri. O governador Camilo Santana disse que vai duplicar a avenida que liga Barbalha à Missão Velha nos mesmos padrões das Avenidas Padre Cícero e Leão Sampaio, que interligam Crato- -Juazeiro, Juazeiro-Barbalha. Ainda este ano, concluirá as obras da estrada que liga o Distrito de Santa Fé à sede municipal do Crato e outras pavimentações projetadas para o Crajubar. “Em parceria com os municípios metropolitanos, o Governo quer transformar o Cariri em uma das maiores vitrines atrativas a investidores nacionais e internacionais”, finalizou o governador Camilo Santana. ​           

(Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.