Header Ads

Central de Regulação reorganiza atendimento à população em Juazeiro

Central de Regulação reorganiza atendimento
à população em Juazeiro.
A Secretaria de Saúde, através da Central de Regulação e Marcação de Procedimentos e Exames, tem alguns projetos que deverão ser implantados ao longo do ano de 2017. O primeiro já está sendo colocado em prática: acabar com as filas de pacientes que acreditam que a marcação dos exames só é feita naquela unidade, e vão diariamente à Secretaria.
De acordo com o coordenador da Central Elton Cleberton Ferreira, o procedimento adotado desde o início do ano tem sido de atender todas as pessoas que vão até o local, mas explicando que os exames e demais procedimentos devem ser encaminhados através dos Postos de Saúde da Família. Enquanto o corpo de especialistas não está totalmente completo, estão sendo priorizadas as solicitações para gestantes, crianças, ou com justificativas do CID – Cadastro Internacional de Doenças. Também é importante que as solicitações estejam acompanhadas de xerox dos documentos pessoais: RG, CPF e comprovante de residência, cartão da família ou título de eleitor.
A partir dessa reorganização da Central, três tipos de solicitações continuarão sendo feitas diretamente pelo paciente na Central: Cirurgias; Pacientes com atendimento fora do domicílio (TFD); e Procedimentos com Guias de Autorização para Procedimento de Alta Complexidade ou de Referência (tomografias, mamografias, ressonâncias e etc).
Mas outros projetos serão implantados. Ao longo do ano, deverá ser implantado um sistema para facilitar e agilizar a marcação de todos os exames, cirurgias e consultas especializadas. De acordo com Elton, “a proposta que estamos apresentando à população é de criar um sistema que o paciente vá ao PSF, e, ao ser consultado, já saia de lá sabendo qual vai ser o local onde irá fazer o seu exame, e com as orientações necessárias para fazer o seu procedimento. Para tanto, nosso objetivo é ligarmos o sistema federal (o sistema e-sus AB da atenção básica), com o nosso sistema de regulação on line”, explica.
Com isso, os serviços de saúde da atenção básica em todo o município serão monitorados pelo Ministério da Saúde, e o paciente terá a certeza de que o pedido feito pelo médico durante a consulta, será atendido. A partir desse processo, também haverá capacitação dos profissionais para utilização do sistema.                  (Assessoria de Comunicação)                        Cariri

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.