Header Ads

Divisão territorial entre Juazeiro, Crato e Barbalha é debatida no Palácio da Abolição

Secretários Nelson Martins, Fernando Santana
e deputado Dr. Santana participaram da
reunião na casa Civil.
Política. E o imbróglio envolvendo a Lei Estadual nº 16.198 que entrou em vigor no último dia 16 de janeiro, e trata da nova demarcação de terras no Ceará foi parar no Palácio da Abolição. Nesta quarta-feira (22), o secretário da Casa Civil Nelson Martins, e o secretário-adjunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana; comandaram uma reunião que discutiu a divisão territorial do Cariri, especificamente, Juazeiro, Crato e Barbalha. Entre os presentes estavam ainda secretários municipais e representantes das três cidades.

De acordo com o que ficou esclarecido, nada foi modificado em relação à lei anterior. A emenda colocada pelo então deputado estadual Zé Aílton Brasil, hoje prefeito do Crato, foi para que a área do distrito industrial composta por Crato, Juazeiro e Barbalha ficasse divida em partes iguais, nada mais. "Sendo assim, Juazeiro do Norte não perderá como foi veiculado. O único impasse ficou em relação aos loteamentos que ficam entre Juazeiro e Barbalha. O deputado Dr. Santana abrirá debate com os prefeitos das duas cidades para solucionar esta questão relacionada aos loteamentos e registros em cartórios, nada mudará em relação aos limites entre os municípios", explicou Fernando Santana.


CÂMARA MUNICIPAL.
No final da reunião, Fernando Santana recebeu ligação do presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, vereador Gledson Bezerra, na qual, ambos discutiram a possibilidade de levar os técnicos de todos os órgãos envolvidos na demarcação geográfica para uma apresentação na casa legislativa após o Carnaval.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.