Header Ads

Órgãos de saúde da região do Cariri alertam para picadas de escorpiões

Vigilância Epidemiológica em Crato e Juazeiro
registrou quatro casos de picadas de escorpião
somente este ano.
As vigilâncias em saúde de Crato e Juazeiro do Norte alertam a população para o aparecimento de escorpiões nesta época do ano. Por conta do calor e das chuvas, os peçonhentos costumam ficar mais ativos, invadindo as residências. Moradores das duas cidades têm achado o aracnídeo, principalmente da espécie Tityus serrulatus, conhecido popularmente como escorpião-amarelo.

Dados da Vigilância Epidemiológica de Crato apontaram 14 ocorrências envolvendo picadas de escorpião em 2016. Neste ano, de janeiro até o último dia 22, foram três. Em Juazeiro do Norte, cinco acidentes registrados durante o ano passado. Em 2017, apenas um. De acordo com os órgãos, as vítimas se recuperaram bem. No entanto, a toxicidade do veneno escorpião ainda é preocupante.

Crianças e idosos estão na classificação de vulnerabilidade e são mais suscetíveis aos efeitos colaterais da picada do bicho, conforme os órgãos. Por isso, eles orientam atenção especial nas residências com pessoas dessas faixas etárias. Além disso, os setores aconselham que sejam tomados alguns cuidados na parte externa da casa, não acumulando entulhos e até folhas secas, que servem de esconderijo para os mesmos.

Os cuidados devem se estender à parte interna, como rebocar paredes para que não apresentem frestas, reparar rodapés soltos e colocar telas nas janelas, ralos, pias ou tanques. Devem ser verificados os calçados, roupas, lençóis, toalhas e camas (próximas às paredes) antes de usá-los. Os setores ressaltam que o descuido com esses artigos são as principais causas de acidentes.

Em caso de picada, a pessoa deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima, para que sejam tomadas as medidas necessárias. Os órgãos afirmam que as vítimas não devem tratar o ferimento em casa, pois a gravidade da toxicidade do veneno pode pôr a vida em risco. Se possível, capturar o escorpião com cuidado e levá-lo para identificação.               (Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.