Header Ads

Simpósio de Padre Cícero tem repercussão positiva e uma carta será entregue ao bispo diocesano

Auditório do Memorial Padre Cícero lotou durante
a abertura e encerramento do simpósio.FOTO: Divulgação
A repercussão é das mais positivas em torno do V Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero: "Reconciliação... e agora?", que reuniu conferencistas de renome nacional e internacional no Memorial em Juazeiro do Norte. O evento culminou com uma “Carta do Simpósio” assinada por todos os participantes a qual será entregue ao bispo diocesano de Crato, dom Gilberto Pastana. Segundo a coordenadora, Fátima Pinho, um documento pactuado considerando a necessidade da continuação do processo. 

Um dos pontos do texto, leva em consideração os muitos milagres de Padre Cícero ao longo dos tempos e não apenas o sangramento da hóstia na boca da beata Maria de Araújo, mas que pleiteia esclarecimentos definitivos. A sugestão é no sentido de se formar uma nova comissão de estudos em torno da vida e obra missionária de Padre Cícero, “a fim de uma melhor compreensão do contexto dos milagres e o reconhecimento de suas virtudes heróicas”. 

O bispo emérito da diocese de Crato, dom Fernando Panico, foi o presidente de honra do evento que considerou bem preparado, estudado e realizado. Ele confessou a sua felicidade ao término do simpósio na tarde da última sexta-feira, observando ter sido um passo significativo envolvendo academia, Igreja e toda a nação romeira. Por isso, concorda com a necessidade de se levar mais adiante de maneira a progredirmos em torno desses fenômenos que aqui ocorreram e ocorrem.​ 

Já a Irmã Annette Dumoulin foi um tanto mais exigente e apontando “altos e baixos, porém com momentos extraordinários”. Ela participou ativamente de todos os atos do simpósio e, na abertura, foi aplaudida de pé e demoradamente pela platéia. No entendimento da religiosa, alguns dos palestrantes tinham mais sensibilidade e conhecimento de causa em torno da realidade local, enquanto outros reuniam bastante conhecimento científico, mas não entraram no mistério de Juazeiro conforme se esperava.                     (Assessoria de Comunicação)          Cariri

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.