Header Ads

Ações e desafios: Arnon Bezerra avalia os 100 dias à frente da prefeitura de Juazeiro

Arnon Bezerra avalia os 100 dias à frente da prefeitura
de Juazeiro. FOTO: André Costa
“As dificuldades encontradas em nosso município servem de estimulo. Não quero que a cidade seja vista ou tratada como uma coitadinha. Para os nossos problemas, vamos buscar soluções e não lamentos”. Foi com essa análise que o prefeito de Juazeiro, Arnon Bezerra, fez um balanço dos cem dias da sua gestão.
Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, dia 10, no auditório do Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (Cerest), o gestor municipal apresentou as ações já realizadas nos primeiros três meses de governo e anunciou as diretrizes para o futuro de Juazeiro.
Durante o evento, que contou com a presença de vereadores, secretários e comunidade civil, foi apresentado à nova logomarca e slogan da gestão: “Juazeiro do Norte, cidade de Fé e Trabalho”, com tracejados de figuras que lembram, por exemplo, o desenvolvimento vertical da construção civil e a religiosidade na figura do Padre Cícero.
No início de sua explanação, Arnon Bezerra destacou o “trabalho exaustivo de todas as secretarias para se adequar ao novo modelo de gestão” e pontuou algumas ações consideradas mais urgentes, como a recuperação da malha viária da cidade, limpeza, revitalização e paisagismo de logradouros públicos, e o aumento nos atendimentos da saúde. “Em três meses mais de 32 mil consultas médicas foram realizadas”, pontuou.
Arnon citou os bairros Novo Juazeiro e Lagoa Seca como principais pontos a receberem, em breve, um robusto investimento para o sistema de drenagem dessas regiões. “Quando chove, várias ruas ficam alagadas. Já estamos fazendo um estudo para iniciar as obras. O valor é alto, cerca de R$ 35 milhões ao todo, então, vamos começar por partes. O importante é iniciar”, disse.
Arnon garantiu também empenho para instalação do aterro sanitário em conformidade com a lei da política nacional de resíduos sólidos. Mostrou-se inclinado a dialogar com os professores a fim de resolver o problema do pagamento dos precatórios do FUNDEF e afirmou que o turismo religioso de Juazeiro do Norte terá atenção especial. “Nossa intenção é fazer com que o Centro de Apoio aos Romeiros funcione de fato, de modo que possa atender os fieis”, pontuou.
No setor econômico, o gestor destacou que a principal luta será a criação de postos de empregos, para impulsionar os demais setores da cidade e dando, assim, incremento no capital do município. Como alternativa, Arnon citou parceiras com os setores públicos e privados de outros centros e até outros países. Na educação, o prefeito mostrou-se preocupado com as péssimas avaliações do SPAECE, mas, em contrapartida, disse ter “certeza da melhoria no setor”.                           (Blog Diário Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.