Header Ads

Prevista para janeiro, volta do Metrô do Cariri ainda não tem data

Fora de funcionamento desde o final do ano passado, o Metrô do Cariri, alternativa de transporte diário para milhares de pessoas na região, ainda não retomou as atividades. O equipamento foi desativado temporariamente por conta das obras da Avenida do Contorno na divisa entre Juazeiro e Crato.

As operações deveriam voltar no final de janeiro, mas ainda não há previsão de retomada das atividades.

De acordo com a gerente do Metrô do Cariri, Dina Moreira, a paralisação dos trens ocorreu por medidas de segurança em novembro de 2016 e deveria ser de no máximo 60 dias. "Dois viadutos que fazem parte da obra da Avenida do Contorno passam pela linha férrea e, portanto, decidimos paralisar as atividades durante esse período", explicou. 

Uma nota emitida pela Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos informa que após a finalização das obras, a empresa realizou inspeção nas estruturas para que as operações fossem reiniciadas. Foi constatada, então, a necessidade de reparos nos cabos de sinalização e estruturas de drenagem da linha férrea.

Há também um acerto entre a empresa e a prefeitura de Juazeiro sobre a implantação de duas novas passagens de nível. "A aquisição de materiais e equipamentos necessários para as ações estão em fase de licitação. A operação do Metrô será retomada após a execução das intervenções", completou a nota. 

O Metrô do Cariri foi inaugurado em 2009 e, segundo o Metrofor, companhia que administra o equipamento, custou R$ 25,2 milhões. No início, a estimativa era de que 5 mil passageiros usassem o transporte diariamente, mas a falta de integração com os ônibus e as poucas estações nos bairros, fizeram com que as composições operassem com a capacidade abaixo do esperado.            (Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.