Header Ads

Dom Pastana leva a alegria do evangelho aos idosos da CRIASA

O momento de oração, além da leitura e reflexão do
evangelho, também todos foram abençoados com
água benta. FOTO: Patrícia Silva
Tudo começou há 10 anos com o desejo de ajudar aqueles que eram abandonados, pelos familiares, com as marcas do tempo vivido estampadas no rosto. A principio foram acolhidos apenas quatro idosos, mas o desejo de fazer o bem aumentava em cada ação desenvolvida. Assim teve início, em 2007, a Casa de Referência para Implementação de Ações Sócios Assistenciais (CRIASA), que nesta primeira dezena de existência abriga de 41 internos.
Dentro das comemorações o bispo dom Gilberto Pastana visitou durante a noite desta terça-feira, dia 9 de maio, esse espaço e abençoou a casa, funcionários, voluntários e moradores que não são apenas idosos, como no início, pois devido o fechamento do Hospital Santa Teresa alguns jovens com deficiência mental também estão sendo acolhidos.
Um dos residentes é o centenário José Lopes. O senhor José e sua esposa, Maria Lopes, pais de doze filhos, foram deixados no abrigo há três anos pelos seus familiares, que alegaram não terem condições de cuidarem deles, como acontece em muitos casos. A partir de então eles passaram a fazer parte de uma nova família que não se limita quando o assunto é doar amor, carinho e atenção. José precisou ainda mais disso quando, no ano passado, a esposa veio a falecer.
A relação de cuidado e confiança entre os internos, os dez cuidadores, voluntários e fundadores é o que anima cada um a passar pelos percalços da vida e transformar o abandono em mais uma etapa a ser vencida, como fala com alegria o Francisco Pereira, de 55 anos: “Sou feliz. Aqui sou tratado muito bem”.
A Igreja sempre apoiou a instituição, segundo uma das fundadoras, Eva de Lima Marques, e a presença do bispo nessa noite, além de ser uma injeção de ânimo e fé, se transforma em um momento de valorização da pessoa humana, pois “mostra para eles, que achavam estarem esquecidos, que têm valor para a sociedade”, considerou a assistente social, Rosimeire Arruda.
Manutenção
Sem nenhuma ajuda do poder público, todas as contas (aluguel, água, luz, alimentação…) da CRIASA são pagas através de doações. “Quando falta alguma coisa a gente corre, faz uma campanha e assim vai chegando os recursos para nossa casa”, relata Eva, que ainda desabafa sobre o descaso das famílias dos internos que em sua maioria não ajudam. “Eles põem seu idoso aqui e tchau e bênção. Quando Deus recolhe ai a gente chama as famílias. Alguns levam para casa para fazer o sepultamento e outros não, mandam que a gente mesmo faça o sepultamento”, disse.
Novos planos
Após os dez anos de criação, o sonho dos que hoje estão à frente da CRIASA vão mais além: a construção de um espaço, próprio, onde mais pessoas possam ser beneficiadas.
“Já ganhamos um terreno e agora vamos fazer corrente do bem para construir uma casa com várias alas, agora não só para idosos, mas também para mulheres vitimas de violência, pessoas com vulnerabilidade social total e pessoas em risco de rua. Para isso contamos com o apoio de toda sociedade”, disse Rosimeire.
Se você deseja contribuir com a realização desse sonho ou quer fazer alguma outra doação é só ir até a sede da instituição que fica na Rua Monsenhor Lima, 105, Salesiano, em Juazeiro do Norte, ou ligar para (88) 988139109/ 988616318.                    (Diocese de Crato)                            Cariri   Principal

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.