Header Ads

Governo discute projeto que vai reformar Expocrato

Governo discute projeto que vai reformar
Expocrato. FOTO: André Costa
A Casa Civil do Governo do Ceará, Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Prefeitura Municipal do Crato, Câmara de Vereadores, Associação dos Criadores do Cariri, Universidade Regional do Cariri e Grupo Gestor da Expocrato começaram a discutir a requalificação do Parque Pedro Felício Cavalcanti com a população. O governador Camilo Santana corre contra o tempo para aprontar o projeto nos próximos 45 dias e começar a obra entre agosto e setembro deste ano. O objetivo é concluir a reforma antes da edição 2018 da festa. 

Estima-se um investimento de cerca de R$ 30 milhões na modernização e ampliação dos espaços, restauração dos equipamentos existentes e construção de novos departamentos, inclusive auditório, alojamento, pavilhões e pavimentação de ruas. Na última semana, técnicos do governo estadual estiveram reunidos com as associações, entidades de classe, grupos culturais, agências de turismo, grupo gestor e demais parceiros, ouvindo a opinião de cada um sobre a construção de um projeto moderno que possa atender às necessidades de todos. 

O secretário adjunto da Casa Civil do Ceará, Quintino Vieira, é quem vai gerenciar a obra. Segundo ele, serão respeitadas e consideradas as ideias colhidas dentro da realidade dos investimentos a serem feitos. “O trabalho inicial de requalificação da área começará a partir do crescimento desorganizado, o que veio transformar a Expocrato num verdadeiro labirinto. A primeira ideia é separar os setores de negócios, colocando cada um em seu lugar, melhorando a acessibilidade dos visitantes, expositores, turistas e do público em geral. A nova estrutura vai possibilitar a realização de eventos permanentes em todas as épocas do ano”, adianta o secretário adjunto. 

O desejo do governador Camilo Santana é para nos próximos 30 dias fazer a apresentação do projeto e assinar a ordem de serviços no dia 9 de julho, na solenidade de abertura da Expocrato 2017. Para o secretário do Desenvolvimento Agrário do Ceará, Dedé Teixeira, a reforma do Parque de Exposições do Crato nascerá a partir da concepção coletiva da população e governo, no sentido de melhorar as suas condições físicas para maior incentivo ao turismo regional, a cultura, ao esporte, lazer, pequenos e médios negócios no ano inteiro. 

Para o reitor da Universidade Regional do Cariri (Urca), Patrício Melo, a reforma da Expocrato é urgente e deve ser feita com olhares direcionados e sensíveis ao Cariri, como um dos principais roteiros turísticos do Nordeste. “Estamos sugerindo que, no projeto de requalificação da Expocrato, sejam destinadas áreas lineares margeando todo o Campus Pimenta 2 da Urca, para a construção de salas de aula para os cursos de Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Enfermagem e Educação Física, além do Mestrado e Doutorado a ser implantado ainda neste ano de 2017.              (Jornal do Cariri)                   Principal

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.