Header Ads

Prefeito e vice-prefeito de Juazeiro têm 10 dias para informar sobre nepotismo na gestão

Um inquérito civil público assinado pelo Promotor de Justiça José Silderlânio do Nascimento e divulgado na manhã desta quarta-feira (31), convocou a população de Juazeiro do Norte a denunciar casos de nepotismo em todas as instâncias da administração municipal.

A portaria 11/2017 apresenta uma série de prerrogativas que baseiam e enquadram como crime quando prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais e vereadores empregam cônjuges, companheiros ou parentes em linha reta, colateral ou por afinidade até o terceiro grau para exercício de cargo comissionado ou de confiança na administração pública. 

O promotor deu um prazo de 10 dias úteis para que o prefeito de Juazeiro do Norte Arnon Bezerra, o vice-prefeito Giovanni Sampaio, secretários e vereadores informem se têm parentes que ocupem cargos na gestão do município.

A ordem do promotor é amparada nas Lei de Ação Civil Pública, Lei de Improbidade Administrativa, no Código de Defesa do Consumidor e na Lei de Ação Popular, "aplicando-se a lei de Ação Civil Pública à Lei de Improbidade Administrativa".                    (Site Miséria)                        Cariri

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.