Header Ads

Correios lança selos postais sobre aves em risco de extinção no GeoPark Araripe

Correios lança selos postais sobre aves em risco de extinção
no GeoPark Araripe. FOTO: Elizângela Santos
Os Correios lançam nessa segunda-feira (26), no Crato, selos postais especiais sobre três aves brasileiras em perigo crítico de extinção: o soldadinho-do-araripe, a pararu-espelho e a rolinha-do-planalto. O evento será às 18 horas, no auditório do GeoPark Araripe.

A emissão é composta por três selos distintos e integra a Programação Filatélica Nacional de 2017. Segundo o diretor regional dos Correios no Ceará, Erico Jovino, os selos serão usados nas postagens de correspondências em todo país, alertando sobre a situação das aves e destacando a importância de conservação das espécies.

O evento de lançamento na cidade do Crato contará com palestra do biólogo Weber Girão, pesquisador que participou da expedição que descobriu o soldadinho-do-araripe, em 1996. A ave é ameaçada de extinção pela perda do seu habitat, provocada pelo desmatamento e pela degradação de mananciais.

A emissão Aves Brasileiras: Soldadinho-do-Araripe, Pararu-Espelho e Rolinha-do-Planalto tem tiragem de 1.950.000 selos, que foram impressos pela Casa da Moeda do Brasil. Os produtos podem ser adquiridos no site dos Correios (www.correios.com.br) e em breve nas agências da estatal.


Sobre as aves


- O soldadinho-do-araripe é um pássaro exclusivo do Brasil, encontrado somente no sul do estado do Ceará, nos municípios de Barbalha, Crato e Missão Velha. Descoberto em 1996, é uma das aves mais ameaçadas do mundo. Vive em uma área muito pequena de mata úmida na encosta nordeste da Chapada do Araripe que está sob constante pressão de desmatamento o que junto com o número reduzido de indivíduos conhecidos, o levou a ser categorizado como criticamente em perigo de extinção.

- A pararu-espelho é uma pomba da Mata Atlântica que está desaparecida desde os anos 80. Apesar de intensamente procurada, sem sucesso, por ornitólogos e observadores de aves, ainda não é possível considerá-la extinta. Entretanto, acredita-se que, se ainda vive em vida livre, não deve ser representada por mais de 50 indivíduos em ambiente natural e esse número tão baixo a coloca na categoria de criticamente em perigo de extinção, possivelmente extinta.

- A rolinha-do-planalto é uma exclusividade brasileira e uma das espécies de aves menos conhecidas de todo o mundo. Habita o bioma Cerrado, mas os registros comprovados da ocorrência da rolinha-do-planalto são historicamente escassos e muito espalhados geograficamente, nos estados de Goiás, Mato Grosso e São Paulo, de modo que seus últimos registros documentados eram de 1940. Foram 75 anos de completo desconhecimento sobre a espécie, até ser redescoberta em 2015.                (Assessoria de Comunicação)           Cariri

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.