Header Ads

Hemoce intensifica campanha de doação de sangue

O estoque de sangue no Hemocentro de Crato e no Hemonúcleo de Juazeiro está abaixo da média. O período festivo e o aumento nos casos de viroses e dengue contribuíram significativamente para a redução de doações voluntárias. Para reverter esse quadro e preparar o estoque para o período de férias, o Hemoce está intensificando o cronograma de campanhas internas e externas, através de parcerias. 

Segundo Fabíola Alencar, diretora geral do Hemoce, a unidade está realizando visitas a vários municípios para realizar mutirões de coleta e contando com o apoio de empresas e universidades para reforçar o estoque. “Atualmente, o Hemocentro do Crato e o Hemonúcleo de Juazeiro são responsáveis por atender 45 hospitais, 28 municípios e três agências transfusionais. É uma demanda alta. A nossa região está em um período festivo e estamos prestes a entrar no período de férias. Para poder atender a toda essa demanda, temos intensificado as nossas campanhas”, explica Fabíola Alencar. 

Apesar das campanhas em instituições de ensino e empresas parceiras, o Hemoce solicita aos doadores voluntários que estejam bem de saúde que procurem o Hemocentro do Crato e o Hemonúcleo de Juazeiro. “Precisamos estabilizar o nosso estoque o quanto antes. Infelizmente, as doações caem em todo Brasil nesta época do ano, o que causa grande preocupação. Uma única bolsa de sangue pode salvar até três vidas. É preciso que todos se conscientizem sobre a importância deste ato de amor e solidariedade”, salienta Fabíola Alencar. 

Vários estados do Brasil já aderiram à campanha Junho Vermelho, que tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a doação voluntária de sangue. O cenário não é dos mais animadores, pois a situação do estoque de sangue no país está sujeita a sofrer redução de até 30% em suas reservas. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o índice de doadores recomendado para cada país é de 3%, de acordo com o tamanho de sua população. No Brasil são apenas 1,8% estão engajados com a causa regularmente. 

Para ser um doador de sangue, basta estar saudável, bem alimentado, pesar mais de 50 kg, ter entre 16 e 69 anos e apresentar um documento oficial com foto. Os menores de idade só podem doar sangue com consentimento formal do responsável legal. O termo de consentimento, disponível em toda a hemorrede estadual e no site do Hemoce, deve ser preenchido e assinado pelo candidato à doação e por seu responsável legal, e anexada uma cópia de documento oficial com foto do representante legal.                      (Jornal do Cariri)             Principal

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.