Header Ads

Tristeza e comoção no sepultamento de Dona Marieta, esposa do médico Hugo Santana de Figueiredo

Centenas de amigos e parentes compareceram ao sepultamento de Dona Marieta. FOTO: Normando Sóracles
O corpo de Dona Marieta Moraes de Figueiredo foi sepultado no final da manhã deste domingo em clima de muita tristeza e comoção no Cemitério Parque das Flores em Juazeiro do Norte. Ela morreu na manhã deste sábado vítima de um infarto fulminante aos 69 anos em sua residência no bairro Lagoa Seca e deixou viúvo o médico oftalmologista Hugo Santana de Figueiredo. No ano passado, o casal tinha celebrado os 50 anos de enlace matrimonial junto aos familiares.


Milhares de pessoas dentre parentes e amigos participaram da cerimônia fúnebre logo após a celebração da missa de corpo presente numa das capelas do Centro de Velório Anjo da Guarda. Desde a tarde de ontem, muitos passaram pelo velório e a todo instante chegavam coroas de flores e manifestos de pesar junto ao esposo Hugo e aos filhos Hugo Junior, Régis Santana, Felipe, Eugênio, Manoela e Cecília furtos desse matrimônio.

O ex-vice-prefeito de Juazeiro, José Roberto Celestino - em mensagem enviada ao Site Miséria – definiu Dona Marieta como exemplos de mãe, avó e esposa. Principalmente nas ausências do companheiro Hugo Santana quando partia em busca de capacitações no exterior ou equipamentos de alta tecnologia para o seu consultório, ela ainda mais se esmerava no cuidados com a educação dos filhos. Quando da divulgação de sua morte por este portal de notícias, muitas foram as manifestações de condolências.                 (Site Miséria)             Cariri

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.