Header Ads

Tumulto no Parque de Eventos - Pequenos comerciantes reclamam do preço pra trabalhar no Juaforró

Nem mesmo começou, os vendedores ambulantes que tetam se cadastrar para trabalhar na edição 2017 do Juaforró reclamam da desorganização e do preço cobrado para a instalação de bancas e barracas nos três dias de festa no Parque de Eventos Padre Cícero.

Os preços, segundo informações chegadas ao blog pelos vendedores, é de R$ 500,00 por banca, o que para os pequenos comerciante é um preço considerado elevado. "Principalmente, se levarmos em consideração que serão apenas três dias, ao invés de cinco, como estávamos nos programando". disse a vendedora Lúcia Maria Santos, 35. O preço revelado não foi confirmado pelo blog junto à prefeitura, mas conforme queixa de comerciantes junto ao blog, para instalação de barracas, o valor duplica e alguns casos triplica, dependendo do espaço cedido pela administração do parque.


Assim como Lúcia Maria, outras dezenas de pessoas interessadas em colocar uma banca de venda, dizem que não estão satisfeitas com a organização da festa. "Ninguém sabe nada, ninguém informa nada. As atrações reveladas são fracas e isso poderá acarretar em prejuízo, Tomara que a prefeitura consiga trazer boas atrações e atrair grande público", afirmou seu José Cícero, que diz ter trabalhado em outras edições do Juaforró.


VEREADORES
Ainda conforme informações passadas ao blog do Flávio Pinto, os vereadores Márcio Joias e Auricelia Bezerra, que eram oposição, mas agora, apoiadores e defensores da gestão Arnon Bezerra, teriam chegado ao Parque de Eventos, com uma secretária para fazer a inscrição dos comerciantes.


A assessoria do prefeito Arnon Bezerra está anunciando para esta quarta-feira (21), uma entrevista coletiva para divulgação do Juaforró 2017. Na oportunidade, o prefeito deverá oficializar as bandas contratadas e os valores a ser cobrado aos ambulantes.                           (Blog Flávio Pinto News)      
Cariri

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.