Header Ads

Servidores de Juazeiro entram em greve e querem reajuste de 6,75%

Os servidores de Juazeiro do Norte, exceto os professores, entraram em greve por tempo indeterminado.
A informação é do presidente do Sindicato  dos Servidores Públicos Municipais de Juazeiro do Norte - Sisemjun, Marcelo Alves.
De acordo com Marcelo Alves a greve começou nesta sexta-feira (30) e deve se estender na próxima semana com uma série de atividades coordenadas pelo sindicato.
Marcelo disse ainda que a greve acontece de acordo com a lei e que os servidores decidiram em assembléia fazer a greve por não concordarem com a proposta da prefeitura de reajuste escalonado a partir de 2%.
De acordo com o dirigente sindical, a greve é justa e os servidores estão desde janeiro aguardando que a prefeitura apresente uma proposta que atenda às reivindicações da categoria.
Segundo Marcelo Alves a proposta feita pelos servidores e o sindicato de reajuste de 6,75% aos servidores dá um impacto de 1% apenas na folha de pagamento de acordo com dados da própria Secretaria Municipal de Gestão.
Esse impacto custaria aos cofres públicos R$4,35 milhões ao ano enquanto, segundo Marcel, apenas com terceirizados, em dois meses deste ano de 2017 a prefeitura gastou mais de R$ 2 milhões.
Marcelo disse ainda que o sindicato já notificou a prefeitura e as secretarias para o movimento grevista e que na terça-feira, 4 de julho, acontecerá uma nova manifestação dos grevistas  às 9 horas em frente a prefeitura de Juazeiro do Norte.                  (Leia Sempre)                         Cariri   Principal

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.