Header Ads

Trechos da ciclovia Crajubar serão refeitos após nascimento de erva daninha

Trechos da ciclovia Crajubar serão refeitos após praga
de Tiririca. FOTO: Agência Miséria
Uma erva daninha chamada Tiririca fará com que alguns trechos da ciclovia que liga Crato à Barbalha sejam refeitos. Após a tentativa de remoção da planta, a empresa responsável terá que remover as camadas de terreno onde antes havia sementes e refazer alguns seguimentos da obra, reaplicando, posteriormente, o asfalto que já havia sido posto. 

Cerca de 300 metros terão que ser refeitos. De acordo com o engenheiro responsável pela obra, Paulo Adriano, antes da construção da ciclovia, a Coral, empresa à frente do projeto, havia feito a retirada das plantas que já estavam no local, inclusive com aplicação de veneno. 

Mas por se tratar de uma espécie com raízes resistentes - há casos em que a Tiririca atravessa o concreto -, não foi possível erradicar por completo e a planta voltou a crescer em alguns seguimentos.


Os responsáveis pelo projeto destacaram que o crescimento do "mato" independe da espessura do asfalto. "Os trechos cujo solo está contaminado com a planta ainda não haviam sido sinalizados com as faixas", disse ainda o engenheiro. Paulo completa salientando que "toda a reparação será feita sob responsabilidade da Coral, sem qualquer ônus para o Governo do Estado".

Os reparos, na manhã desta terça (25), estavam na fase de retirada do terreno contaminado. A previsão é que todo o processo seja concluído até a próxima semana.

Após um ano do início das obras, a ciclovia do Cariri tem 17 km de extensão, e foi orçada inicialmente em R$ 2,6 milhões. Ainda não foi divulgado se esse valor será mantido até a conclusão do projeto.                               (Site Miséria)       Principal

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.