Header Ads

Cearense faz campanha para custear tratamento de câncer

Jovem descobriu câncer há um ano
A cearense Lara Virginia Torquato, de 20 anos, foi diagnosticada com Leucemia Linfoide Aguda há um ano. Desde então a jovem passa por tratamento e chegou a realizar um transplante de medula óssea. Mas em decorrência do transplante, Lara desenvolveu uma inflamação gastro-intestinal e precisa de tratamento com um medicamento que custa cerca de R$ 15 mil. Para comprar o remédio, a família criou uma campanha, através de uma vaquinhaonline (www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-a-larinha-a-vencer-esta-batalha), para arrecadar o valor necessário. 
A estudante, natural do município de Cascavel, distante 65 quilômetros de Fortaleza, hoje luta contra a doença do enxerto versus hospedeiro aguda (aGvHD), uma síndrome sistêmica que acomete pacientes transplantados. O remédio receitado para o tratamento é o Ruxolitinib. A caixa com 60 comprimidos custa cerca de R$ 15 mil e não é fornecido pelo Sistema Único de Sáude (SUS). Para seguir o tratamento conforme orientação médica, a jovem precisa tomar 4 comprimidos de 5mg por dia, durante pelo menos seis meses ininterruptos.
Como a jovem precisava iniciar o tratamento com urgência, a família e os amigos então iniciaram uma campanha a fim de arrecadar o valor dos remédios. De acordo com Vitória Torquato, irmã de Lara, a família está tendo dificuldades em conseguir doações. "Como hoje na internet acontece muitas campanhas que não são reais, as pessoas ficam receosas de doar, não sabem se é verdade ou não".
Força dos amigos e família
A principal ajuda até o momento vem de amigos e parentes. Um amigo da família emprestou o dinheiro para a primeira caixa do medicamento e a jovem deu início ao tratamento no último dia 5 de setembro. Desde então, familiares estão realizando rifas e vendendo lanches a fim de arrecadar o dinheiro necessário para a segunda caixa do remédio. "Minha preocupação é chegar o dia de comprar outra caixa e não ter o dinheiro", ressalta Vitória. 
Para reforçar a campanha, a família também criou uma página no Facebook chamada "Ajude A Larinha Torquato a Vencer esta Batalha" . 
Com a página, a família conseguiu a ajuda de um advogado e entrou com uma ação na Justiça a fim de obter a medicação através do Estado, mas, até que obtenham resposta da Justiça, a arrecadação segue.
Os interessados em ajudar podem fazer doação através do site Vakinha. Mas também podem doar diretamente nas seguintes contas:
Banco Itaú
Agência: 3827
Conta: 38922-6
Nome: Maria das Vitórias Torquato  

Banco Santander
Agência: 4458
Conta: 01013680-0
Nome: Francisco Fábio de Oliveira Sousa  

Banco do Brasil
Agência: 4376-1
Conta: 12044-8

Nome: Antônia C Torquato                                       (Diário do Nordeste)     Ceará     Cariri Principal

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.