Header Ads

Centro de dermatologia de Juazeiro entrega calçados adaptados para pacientes com hanseníase

Centro de dermatologia de Juazeiro entrega calçados
adaptados para pacientes com hanseníase.
FOTO: Samuel Macedo
A Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte, através do Centro de Dermatologia Sanitária e Doenças Infectocontagiosas, entregou nesta semana os primeiros calçados adaptados para pacientes com algum tipo de dificuldade motora causada pela hanseníase.

De acordo com o coordenador do Centro de Dermatologia, Luis Evandro de Freitas, a sapataria de Juazeiro do Norte é uma das três desse tipo existentes em todo o país e foi reativada no mês de agosto deste ano, com o apoio do Ministério da Saúde e do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase – Morhan.

Os pacientes que necessitam deste tipo de calçado adaptado são acompanhados por uma equipe composta por enfermeiro, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e médico dermatologista. Após avaliação do caso e sendo detectada incapacidade dos nervos, a pessoa é encaminhada para a sapataria onde é feita a moldagem e confecção do produto. Ainda de acordo com Luis Evandro, em média 15 pacientes estão aguardando o calçado. Na quarta-feira, 27, foram entregues os quatro primeiros pares.

Diferencial dos calçados adaptados
O paciente com hanseníase pode apresentar feridas na parte inferior do pé ou até mesmo perda do movimento dos dedos, causando dificuldades na sua locomoção. Por isso, os calçados adaptados são feitos com palmilhas que possibilitam que o local da lesão fique livre de compressão e possa cicatrizar normalmente.


Já para os que não conseguem levantar o pé, é confeccionada a Férula de Harris, que é um dispositivo de couro com uma tração que possibilita a movimentação normal deste membro. O calçado tem duração de seis meses a um ano.                                  (Assessoria de Comunicação)                  Cariri Principal

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.