Header Ads

Moradores denunciam afundamento em rua do Crato

Chão da Rua Padre Lemos cedeu e trecho foi interditado
para evitar acidentes.
Um trecho da Rua Padre Lemos, em frente à Praça Dona Ceicinha, em Crato, está interditado. Parte do chão da rua do Seminário afundou, comprometendo a circulação de veículos e até de pessoas com mobilidade reduzida. De acordo com os moradores, o motivo teria sido problemas na obra de saneamento básico da área. 

Preocupados, alguns moradores procuraram a Câmara Municipal para informar o caso e solicitar intermediação junto a Prefeitura de Crato, para solucionar a situação. Entre eles, o comerciante José de Souza, que se sentiu prejudicado, principalmente pela redução de clientela em seu estabelecimento devido à falta de acesso ao local. 

Segundo o comerciante, essa é a terceira vez do problema. “A empresa Coral realizou a obra de requalificação do Seminário, mas deixou a desejar na questão do saneamento. Qualquer peso afunda esse chão aí. Bastou um caminhão para que esse piso se estragasse de vez. Pessoas já se machucaram caindo nessas valetas. Meu estabelecimento também está sendo prejudicado. Então, pedimos uma solução ao poder público”. 

O vereador Pedro Alagoano solicitou à Prefeitura Municipal um estudo feito por engenheiros e fiscais na área. “Fui ao local e comprovei o problema. Mas temos que saber qual o real problema e quais as providências serão tomadas. Ali foi uma obra muito bonita e cara, que não pode ser comprometida dessa forma. Após o relatório, saberemos quem será responsabilizado”, assegura o edil. 

Procurado pela equipe de reportagem do Jornal do Cariri, o secretário de Obras, Luiz Wellington, afirmou que visitará o local com uma equipe da empresa Coral, responsável pela obra em 2015. Até o fechamento desta edição, ele não informou quais medidas serão tomadas e em qual prazo.                     (Jornal do Cariri)                                         Cariri Principal

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.