Header Ads

Censo Previdenciário será realizado pela Previjuno até 30 de novembro

O Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Juazeiro do Norte (Previjuno) realiza Censo Previdenciário. O intuito é melhorar a qualidade do banco de dados dos servidores. O cadastramento será realizado durante todo o mês de outubro até 30 de novembro, no horário de 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h, na EEF João Alencar de Figueiredo, localizada na Av. Castelo Branco, S/N, no bairro Romeirão.

O Cadastro Nacional de Informações Sociais dos Regimes Próprios de Previdência Social foi iniciado no último dia 09, em Juazeiro do Norte, e já foram cadastrados, nos primeiros 10 dias, 1.200 servidores. A Gestora do Previjuno, Maria das Graças, diz que esse quantitativo está dentro das metas, bem como as expectativas estão sendo cumpridas. “Um sucesso de participação”, destacou. Os organizadores salientam que os servidores precisam levar apenas a documentação original, não sendo necessária nenhuma cópia.

O censo é de caráter obrigatório a todos os servidores públicos de cargo efetivo, ativos, aposentados, pensionistas e demais segurados. Acontece por meio de biometria digital, captação de imagem e digitalização dos documentos originais. A Convocação se dá por ordem alfabética: De 09/10 a 17/10, foram atendidas pessoas com iniciais de A a C; no momento até o dia 27/10 estão sendo cadastrados servidores com iniciais de D a G; de 30/10 a 06/11, iniciais de H a L; de 07/11 a 24/11 iniciais dos nomes com a letra M; de 27/11 a 30/11, nomes com iniciais de N a Z.

Documentação necessária

Para a realização do cadastramento, o servidor precisa apresentar documento de identidade com foto, CPF, PIS/PASEP/NIT, título eleitoral, comprovante de residência, último contracheque, quando for o caso, de todas as matrículas funcionais junto ao Município e apostila de posse do vínculo com o ente municipal. 

É necessário também certidão de casamento e/ou Declaração de União Estável e/ou Certidão de Nascimento, CNIS-INSS, comprovante de escolaridade. Caso o servidor de cargo efetivo tenha função gratificada ou cargo de provimento em comissão, serão exigidos documentos comprobatórios e contracheque.


Para os dependentes solicita-se CPF, identidade, se houver, certidão de nascimento, laudo médico atestando incapacidade definitiva, no caso de menor inválido e termo de Curatela ou interdição, no caso também de inválido. Lembrando que os cônjuges também são dependentes.             (Assessoria de Comunicação)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.