Header Ads

Com 700 embarques diários, rodoviária de Juazeiro passa por mudanças após fim de privatização

Com 700 embarques diários, rodoviária de Juazeiro passa
por mudanças após fim de privatização. FOTO: Serena Morais
Há pouco mais de dois meses, a rodoviária de Juazeiro do Norte se desvinculou da concessão da SR Empreendimentos e voltou a ser administrada pela Prefeitura Municipal. Foram cerca de oito anos de privatização da empresa fortalezense, período no qual permissionários afirmam ter passado por uma "exploração, sem que houvesse investimentos efetivos na estrutura do equipamento".

São duas mil pessoas transitando pela rodoviária todos os dias e cerca de 700 embarques. Após disputa na justiça, o governo municipal retomou a administração do local, sendo A SR Empreendimentos acusada de não cumprir as cláusulas do contrato, acumulando uma dívida milionária com o Executivo.

SEM TAXAS

"Aqui estava abandonado, não tinha limpeza e nem segurança", disse uma permissionária. "Carneirinho", como é conhecido o gestor responsável pelo terminal, destaca que 30 funcionários, entre Auxiliar de Serviços Gerais e Guardas Municipais, são responsáveis de manter a limpeza e a segurança, 24 horas por dia.

Com a mudança, foi determinada a isenção das taxas que há alguns anos vinham sendo praticadas. Agora os passageiros não pagam mais para usar o banheiro e não há mais taxas de embarque. "Os 20 permissionários que mantêm pontos comerciais alugados e os 50 taxistas, por enquanto, estão isentos dos aluguéis", diz o adminstrador.

PENDÊNCIAS

Passageiros ainda enfrentam dificuldades durante a noite, por exemplo, pela falta de lâmpadas no saguão. Funcionários de uma empresa de ônibus que opera no terminal, relatam que há pontos críticos por conta da baixa iluminação. A administração informou que fez a contagem das lâmpadas ausentes e que em breve serão repostas.

REFORMA

Em breve a rodoviária passará por uma reforma. Será construída uma sala de embarque climatizada e com acesso livre à internet, "priorizando a segurança dos passageiros". Os banheiros também serão readequados, da mesma forma toda a parte elétrica do terminal.                  (Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.