Header Ads

Crato promete conclusão de duas avenidas em 2018

A população cobra a conclusão de duas obras em Crato. Uma referente à construção da Avenida Hermes Parayba, que ligará os bairros Lameiro e Grangeiro, há 20 anos em andamento, e outra que unirá o bairro Mirandão à Estátua Nossa Senhora de Fátima, no Novo Crato. 

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Luiz Wellington, as duas obras estão previstas para 2018. No caso da construção da avenida que liga o bairro Mirandão à Estátua de Nossa Senhora de Fátima, a obra é realizada em parceria com Governo do Estado. Até o final de novembro, serão construídas duas faixas de sete metros de pista, contemplando calçadas, uma ciclovia e iluminação. 

Para o secretário, a obra vai viabilizar a chegada das pessoas que vêm visitar o Crato e a estátua de Nossa Senhora de Fátima. “Ela trará mais mobilidade e conforto para as pessoas do Crato e para os turistas”. Sobre a obra da Avenida Hermes Parayba, o secretário afirma que a proposta será devolvida, nesta terça-feira (31), à Caixa Econômica Federal com algumas retificações de pendências apontadas pelo setor de Engenharia do banco. Entre elas, o projeto de sinalização realizado pelo Departamento Municipal de Trânsito (Demutran). 

Conforme o gestor, assim que aprovada, a proposta terá licitação aberta, com início de construção para oito meses. Com uma extensão de 1.100 metros, o valor estimado gira em R$ 1,6 milhão. O Município dará uma contrapartida de R$ 660 mil. “Os benefícios serão muitos, entre eles, ligar dois bairros importantes do Crato e melhorar o acesso para várias vilas que existem entre eles”. 

Thiago Medeiros, que reside no Grangeiro há cinco anos, pede para que o poder público conclua a obra. “Na gestão passada, o ex-prefeito anunciou que iria concluir a obra, e não concluiu. Então, peço que finalmente a atual gestão faça isso. Quem precisa ir de um local para outro, necessariamente precisa passar pelo bairro Pimenta. Isso gasta tempo e gasolina. Mas, em breve, espero que isso mude”, conclui.               (Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.