Header Ads

Projeto de escola Cratense é 1º lugar em concurso nacional e será apresentado no Chile, em 2018

Um projeto desenvolvido por estudantes de uma escola da Rede Estadual de Ensino de Crato, conquistou o primeiro lugar no mais importante evento de ciência e tecnologia do país, a Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia – FENECIT 2017, que aconteceu 19 de 23 de setembro, em Recife – PE. Os alunos João Victor Alves Pinheiro e Pedro Lucas Juvino, da EEEP Maria Violeta Arraes de Alencar, orientados pelo professor Neto de Moura, da EEEP Presidente Médici, de Campos Sales, representaram o Ceará no evento e apresentaram o trabalho Carolina de Jesus que ficou em primeiro lugar na categoria linguística.

O projeto “Carolina Parte I: Redescobrindo as memórias de Carolina de Jesus”, traz a história da escritora Brasileira: Mulher, Negra e de realidade pobre, Carolina de Jesus, que conseguiu transpor as dificuldades e produzir uma literatura diversificada. No entanto, a escritora era desconhecida pela comunidade escolar. Após um mapeamento etnográfico feito pelos próprios estudantes na escola, foi diagnosticado ausência de autores, mulheres e negras na matriz curricular. Ficou clara a falta de representatividade tanto de etnia quanto de gênero. Assim a história e obras de Carolina de Jesus, foi proposta pelos estudantes para ser conteúdo trabalhado em sala de aula, pela sua diversidade e representação.

O projeto que conquistou o primeiro lugar no evento, fez a alegria de muita gente inclusive o estudante do 3º ano João Victor Alves, ele comentou que o trabalho precisa ser continuado para que mais pessoas possam conhecer a história dessa escritora – “Eu me sinto feliz pelo trabalho que já foi desenvolvido, mas me sinto com a tarefa de que esse trabalho precisa continuar sendo desenvolvido, porque enquanto o Brasil não lembrar e valorizar a existência de Carolina de Jesus, sempre vai ter necessidade que aja pessoas que se disponham a ser esse canal”, disse o estudante que também faz o curso Técnico em Gestão cultural, na instituição.


Com a vitória, a equipe recebeu credenciais para participar de uma feira internacional representando o Brasil, a MILSET Latin American Expo-Sciences, que ocorrerá de 2 a 6 de julho de 2018, em Antofagasta, no Chile, além de um convite para publicar o trabalho em uma revista científica qualis B1.                    (Site News Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.