Header Ads

Mais de 100 mil candidatos do Enem no Ceará não compareceram ao 1º dia de provas

 Abertura dos portões no campus do Itaperi da Uece,
maior concentração de candidatos do Enem no Ceará.
FOTO: Ranniery Melo - G1
No Ceará, mais de 100 mil candidatos inscritos não realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no primeiro dia de aplicação da prova, neste domingo (4). O índice de abstenção no estado, segundo dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), foi de 27,60%. Em todo o país, este índice chegou a 30,2%.

Ao todo, 264.444 estudantes cearenses compareceram e resolveram provas de ciências humanas e linguagens, além da redação, de um total de 365.255 inscritos. O Ceará é o sexto estado com maior número de inscrições, atrás de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia e Pernambuco. São Paulo, que lidera o ranking, tem 1.136.851 de candidatos inscritos.

Este foi o segundo ano de maior abstenção da prova (no primeiro dia de aplicação), desde 2009, ano em que o MEC definiu o Enem como vestibular unificado em todo o país, e os faltosos somaram 37,7%.

Atrasados
Como em todos os anos, alguns estudantes perderam o exame por não chegarem a tempo nos locais de prova. Os atrasados relataram ao G1 demora dos ônibus, atraso na hora de acordar e outros contratempos.

Descumprimento de regras
Ainda conforme dados do MEC, 264 candidatos foram eliminados nesta primeira etapa por descumprimento de regras como: portar equipamentos eletrônicos, ausentar-se antes do horário permitido, utilizar impressos, não atender orientações dos fiscais, entre outros.

Em todo o Brasil, são 6,7 milhões de participantes que enfrentam pela primeira vez a mais recente mudança no formato do exame, sem provas aos sábados. A última alteração no modo de aplicação havia sido em 2009, quando a prova deixou de ser feita em um só dia com 63 questões.


No próximo domingo (12), os candidatos vão resolver as provas de matemática e ciências da natureza.            (G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.