Header Ads

Cidades do Cariri registram bons índices de chuva no fim de semana; alagamentos prejudicam moradores

Água acumulada no bairro São José, em Juazeiro, após
chuva neste sábado, 6. FOTO: Reprodução - Redes Sociais
Pelo menos 18 municípios do Cariri registraram chuvas neste fim de semana. Os indicativos disponíveis no relatório da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) apontam bons índices de precipitação que, apesar de serem positivos, também causaram danos à infraestrutura das principais cidades da região. 

Durante a madrugada do sábado domingo e segunda - dias 6, 7 e 8 -, o acumulado das chuvas em Juazeiro do Norte atingiu 111.5 mm. Já em Crato a soma é de 74.0 mm e em Barbalha, 53.5 mm.

A madrugada desta segunda-feira obteve o nível mais baixo de chuva nestes municípios no comparativo com o final de semana, sendo 20.0 mm em Juazeiro; 15.0 mm em Crato e 2.5 mm em Barbalha.

ALAGAMENTOS

Com a forte chuva, diversos pontos de Juazeiro do Norte ficaram alagados e ruas permaneceram intransitáveis durante a madrugada e parte do dia. É o caso da Av. Plácido Aderaldo Castelo, na altura do número 552, bairro Lagoa Seca. Por ser próximo à lagoa, o local é um ponto de alagamento na cidade e tornou-se um desafio à prefeitura ao longo dos anos.


Outras cidades da Região Metropolitana do Cariri também assinalaram chuva durante a madrugada de domingo e segunda. No dia 7 choveu 21.0 mm em Caririaçu; 18.0 mm em Porteiras; 15.0 mm em Cedro; 12.6 mm em Missão Velha e 9.2 mm em Várzea Alegre. Já no dia 8, houveram precipitações de 7.0 mm em Abaiara; 4.0 mm em Milagres; 2.00 em Penaforte e 1.4 mm em Jati.

PREVENÇÃO

O prefeito em exercício de Juazeiro do Norte, Giovanni Sampaio (PSD), reuniu-se com o secretariado municipal na manhã da última sexta-feira (5), na sede da prefeitura, e tratou sobre trabalho preventivo por conta da chuvas na região, conforme previsão da Funceme. A comissão deve apresentar um plano estratégico ao prefeito para evitar maiores problemas à infraestrutura decorrente das chuvas.              (Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.