Header Ads

Corpo do jornalista J. Lindemberg de Aquino será sepultado hoje em Crato

J. Lindemberg tinha 84 anos e morreu esta
noite em Crato
Será sepultado às 17 horas desta segunda-feira, no Cemitério Nossa Senhora da Piedade em Crato, o corpo do jornalista J. Lindemberg de Aquino. Ele nasceu no dia 4 de junho de 1933 naquela cidade e faleceu aos 84 anos em um dos leitos do Hospital São Raimundo por volta das 19h30min de ontem. O corpo está sendo velado no Centro de Velório Anjo da Guarda na Rua Nelson Alencar, 748 no centro de Crato.

O mesmo morava na Rua José Carvalho, onde sofreu uma queda fraturando o fêmur. Entretanto, o jornalista já apresentava princípio de Alzheimer. A notícia do seu falecimento causou consternação em Crato e n Cariri. Era respeitado homem de comunicação, intelectual e figura sempre presente nos grandes acontecimentos sociais da região. O seu livro “Roteiro Biográfico das Ruas do Crato” se tornou importante fonte de pesquisas e estudos.

Durante décadas, João Lindemreg de Aquino se ocupou no registro da movimentação social da região, além de fatos relacionados à economia e as coisas da política escrevendo para jornais de Fortaleza, dentre os quais, por muito tempo, Tribuna do Ceará. Sempre noticiava com muita alegria os fatos que representavam progresso e desenvolvimento para sua cidade e o Cariri. Ultimamente, estava recolhido ao seu lar e já não era mais visto nos eventos, onde era bem recebido.

Lindemberg foi um dos fundados do Instituto Cultural do Cariri (ICC) de Crato e tinha uma profunda ligação com a cultura regional a exemplo de figuras como Figueiredo Filho, Irineu Pinheiro, Padre Antônio Gomes, Huberto Cabral e outros. Fora do jornalismo, foi funcionário público federal e atendia no antigo INPS (Instituto Nacional de Previdência Social) em Crato, além de assessor de vários prefeitos da cidade. Escreveu ainda crônicas diárias para as Rádios Araripe e Educadora.                 (Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.