Header Ads

Tias de radialista do Crato morrem após grave acidente de trânsito na Bahia; profissional do rádio ficou ferido

No local do acidente morreram Edith de Oliveira
de Menezes, e uma irmã dela
Um acidente grave envolvendo um veículo Ecosport de placa PWW-5565 com licença de São Paulo e um Pólo de placa OIF-0779 com licença de Crato no Ceará, ocorrido no início da tarde desta terça-feira (02), no KM 382 da BR-116 Norte, após a cidade de Santa Bárbara, no estado da Bahia deixou quatro pessoas mortas, duas das quais residiam na cidade do Crato.

Uma criança de dois anos que estava no Ecosport saiu ilesa. Outras três pessoas ficaram feridas, dentre elas o locutor da Rádio Somzoom Sat do Crato Baden Powell, de 51 anos, e a noiva dele Lílian Menezes que foram socorridas para o Hospital de Santa Bárbara.

Radialista Baden Power
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), das quatro pessoas mortas, duas estavam no Pólo que guiado pelo radialista, as tias dele Eliete Menezes, mãe da jornalista cratense Alessandra Lacerda e Edith de Oliveira Menezes, professora da Universidade Regional do Cariri - Urca, e o casal que estava no Ecosport, Thiago Silva de Souza, de 29 anos e a esposa deste que não teve o nome informado.

Colisão frontal entre dois carros deixa quatro mortos na Bahia. FOTO: Ed Santos - Acorda Cidade
O Ecosport seguia de Orós/Ceará sentido São Paulo e o Pólo ia para a cidade de Crato procedente de Salvador (BA) onde Baden e seus parentes passaram o Réveillon. O patrulheiro Webster Campos, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), disse a reportagem que o acidente aconteceu após uma derrapagem do Ecosport. “Muito antes do local do acidente ele colidiu com um caminhão e uns 200 metros depois continuou derrapando. Colidiu no Pólo que vinha sentido contrário e teve vítimas fatais”, acrescentou.

O motorista do caminhão Otávio Dias Rebouças Menezes, de 22 anos, disse que socorreu a criança quando a viu acenar com a mão.

“Estava com um colega no caminhão quando de repente vimos a poeira e um carro desgovernado vindo em nossa direção. Jogamos no acostamento, mas mesmo assim ele bateu no nosso caminhão. Quando vimos a pancada saímos rapidamente para dar socorro. Demos prioridade a esse carro porque estava pegando fogo. Meu colega apagou o fogo com o extintor e eu vi que tinha uma criancinha pedindo socorro e acenando com a mão. Cheguei perto dela e fui tirando as coisas que estavam sobre ela. Ao mesmo tempo pedia a Deus que ela não tivesse nada. Ela estava intacta. Peguei a criança no colo e em seguida a entreguei aos parentes que chegaram”, relatou.

Sem nenhum ferimento, a criança resgatada estava em estado de choque e foi levada para o hospital de Santa Bárbara.

Para o patrulheiro rodoviário federal, o acidente pode ter sido ocasionado por mal súbito, pane mecânica ou até falhas nas vias.

Os corpos das quatro vítimas fatais foram levados pelo rabecão para serem necropsiados no IML (Instituto Médico Legal) de Feira de Santana. Familiares das duas cratenses viajaram para da cidade baiana para providenciarem os traslados dos corpos para serem sepultados em Crato.        (Com informações dos sites: Cariri-Ceará.com e Acorda Cidade)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.