Header Ads

Para adolescentes. Campanha quer que aulas comecem às 8h30min


FOTO: Raquel Heidrich-Agência RBS
A Associação Brasileira do Sono possui aproximadamente 2.600 associados e realiza, desde 2015, a Semana do Sono. Neste ano, ela acontece do dia 11 a 18 de março com ações em 16 estados - incluindo o Ceará - e no Distrito Federal, contemplando 35 cidades, com o tema “Respeite seu sono e siga seu ritmo”. A campanha foca na importância do sono de adolescentes.

Em manifesto assinado pelos médicos, a ABS defende que o horário de início das aulas seja a partir das 8h30 min para alunos do 7º ao 9º ano do Ensino Fundamental e dos três anos do Ensino Médio.

A recomendação acompanha a tendência de sistemas educacionais ao redor do mundo que já começam o dia escolar mais tarde. A especialista Paula Araújo defende esta ideia. “O adolescente, que é predisposto a dormir tarde, às 7horas já precisa estar em aula e não respeita seu relógio biológico. Isso pode causar transtornos de sono, alteração de humor e prejudicar a saúde. Estudos mostram que eles estão dormindo cada vez menos. A situação ainda se agrava por conta de estudantes que precisam trabalhar”, aponta.

Paula comenta que uma escola em São Paulo percebeu o aumento do número de estudantes dormindo em sala de aula pela manhã e realizou mudanças. Alunos da Educação Infantil e Fundamental 1 estudam somente no turno da manhã e adolescentes das séries finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio ficam apenas no período da tarde. De acordo com a médica, houve melhora no rendimento e bem-estar dos estudantes.

“Em alguns anos, esperamos que o panorama educacional brasileiro possa mudar. Com a Semana do Sono, o objetivo é mostrar que a sociedade precisa olhar mais para o sono do adolescente”, finaliza.

A programação se divide entre ações para educar a população em geral sobre os benefícios de respeitar o sono e atividades para mostrar os principais transtornos causado pela falta dele. Nas escolas, especialistas vão realizar ações com os estudantes para identificar se eles estão ou não tendo hábitos prejudiciais.

Em Fortaleza, Veralice Bruin está a frente da organização da Semana do Sono, e juntamente com outros especialistas no assunto, vai distribuir panfletos com medidas educativas na avenida Beira Mar , visando conscientizar a população.      (O Povo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.