Header Ads

Centro de Tecnologia Mineral do Cariri será inaugurado nesta quinta-feira (5)


Equipamentos do Centro de Tecnologia Mineral do Cariri.
FOTO: URCA-Reprodução
O Centro de Tecnologia Mineral do Cariri (CTMC) será inaugurado dia 5 de abril, às 16h, com a presença do secretário da Casa Civil, Nelson Martins e da Ciência e Tecnologia, Inácio Arruda. A nova Unidade Tecnológica de Beneficiamento da Pedra Cariri é uma iniciativa do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior e irá agregar valor e competitividade à Pedra Cariri proveniente das jazidas de Nova Olinda e Santana do Cariri.

A ideia é contribuir para agregação de valor à Pedra Cariri, reduzindo perdas e viabilizando o desenvolvimento de novos produtos, como artesanatos e artefatos minerais. “Queremos passar dos 40% de aproveitamento atual à totalidade da pedra extraída”. Para atingir essa meta o CTMC irá trabalhar para garantir a sua padronização para comercialização no mercado nacional e internacional e investirá no aproveitamento dos rejeitos da Pedra Cariri, garante o secretário adjunto da Secitece, Francisco Carvalho, que conduziu o projeto.

“Estamos reunindo Urca, UFCA, Geopark, Centec/Fatec, Sebrae, Senai para realizarmos capacitações na área de mineração, meio ambiente e paleontologia, além da execução de projetos de pesquisa e extensão, envolvendo as ICTs da região ou que tenham interesse no tema da paleontologia e mineração”, afirmou Francisco Carvalho.

O CTMC será uma ferramenta importante para fomentar o desenvolvimento econômico e social na região. Todo o material recebido será triado e terá procedência e legalização registrada. Os fósseis possivelmente encontrados neste rejeito serão depositados no Museu de Paleontologia de Santana do Cariri (Urca). A unidade terá auto-suficiência financeira através de recursos obtidos com o beneficiamento e comercialização de placas de calcário.

Para a execução do projeto, foram investidos recursos do Fundo de Inovação Tecnológica – FIT, da ordem de R$ 859.908,00. A reforma e adaptação do galpão durou cerca de um ano e custou R$ 431.777,27.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.