Header Ads

Sem acordo, projeto de reajuste é enviado à Câmara de Juazeiro


Já foi encaminhado à Câmara de Vereadores o projeto de reajuste salarial de 2018 para os servidores de Juazeiro do Norte. A informação é da procuradoria do município, através do titular, Micael François. No projeto consta percentuais de reajuste de 3% para os servidores do fundo geral e 6,81% para os professores, o que contraria a proposta solicitada das categorias.

O projeto deve dar entrada na casa legislativa na sessão desta quinta-feira, dia 12, e depois de passar pelas comissões será encaminhado para apreciação no plenário. Caso seja aprovado, o projeto pode desencadear uma greve geral entre os servidores do município que reclamam aumento de 8%.

Ainda de acordo com o procurador do município, em uma reunião com representante do Sindicato dos Servidores de Juazeiro do Norte (SISEMJUN), Marcelo Alves chegou a propor reajuste de 4% para os servidores, retroativo a janeiro. Mas, alegando questões financeiras, a gestão municipal não entrou em acordo e mantém os 3% retroativos à março.

Sobre os professores da rede municipal, o percentual está em consenso, mas o desconto do imposto de renda pessoa física é o que está pesando para que os professores participem das deliberações sobre uma possível greve geral. O problema deve ainda se arrastar, pois o a sede da receita federal em Brasília é quem deve deliberar sobre o tema.         (Portal Badalo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.