Header Ads

Taxa de abandono escolar no Ensino Médio cai para 6,6% no Ceará; menor índice desde 2007

De acordo com a Seduc, 105 das 722 escolas estaduais
cearenses registraram taxa de abandono zero no
ano passado. FOTO: Natinho Rodrigues

A taxa de abandono nos três anos do Ensino Médio atingiu, no ano passado, o menor índice desde 2007. Segundo o Governo do Estado, o índice caiu para 6,6%, ante os 9,7% registrados em 2016 e os 16,4% contabilizados há 10 anos. Os dados foram apresentados em solenidade no Palácio da Abolição, nesta terça-feira (3).

O governador Camilo Santana salientou que, dada a diferença de 3,1%, 10.240 jovens deixaram de sair da escola entre 2016 e 2017.

No entanto, o chefe do Executivo estadual reconhece que o trabalho precisa ser reforçado para evitar a evasão, principalmente na transição do 9º ano do Ensino Fundamental para a 1ª série do Ensino Médio. 

Ainda segundo o levantamento da Secretaria da Educação (Seduc), 105 das 722 escolas estaduais cearenses registraram taxa de abandono zero no ano passado. Dessas, 89 são Escolas de Educação Profissional, 15 escolas de tempo regular e uma unidade de ensino indígena.

Estratégias adotadas

Para Santana, a queda no índice pode ser explicada por diversas ações tomadas em sua gestão, como o mapeamento das faltas realizado pelas escolas, boletins analíticos bimestrais que fazem um raio-X da situação escolar do aluno e a criação do projeto #ChegueiEnsinoMédio, de acolhimento aos estudantes recém-ingressos.

Confira a taxa de evasão escolar no Ensino Médio, ao longo dos últimos anos:

- 2007 | 16,4%
- 2008 | 15,5%
- 2009 | 14,7%
- 2010 | 12%
- 2011 | 13%
- 2012 | 11%
- 2013 | 9,6%
- 2014 | 8,9%
- 2015 | 8,1%
- 2016 | 9,7%
- 2017 | 6,6%

Fonte: Seduc                     (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.