Header Ads

Comerciantes de Juazeiro reaproveitam produtos da Copa de 2010; vitória do Brasil pode alavancar vendas

Produtos são da Copa de 2010; vitórias podem alavancar vendas. FOTO: Normando Sóracles-Site Miséria

No dia da estreia do Brasil na Copa de 2018, o clima para os comerciantes que vendem produtos relacionados à Seleção Brasileira ainda é de incertezas. 

Em Juazeiro do Norte e Crato, por exemplo, ambulantes reaproveitam mercadorias do mundial de 2010 e 2014, e esperam um bom desempenho dos jogadores para alavancar as vendas.

"O resultado dos jogos está totalmente ligado ao nosso lucro", comenta José Ambrósio, 34, camelô em Juazeiro. Ele conta que diversos vendedores ambulantes adquirem camisas, chapéus, perucas e outros produtos verde e amarelo que haviam sidos deixados em estoques de lojas nos últimos oito anos.

Em 2010, por exemplo, o Brasil só avançou até a fase das oitavas de final na Copa, desempenho que estagnou as vendas principalmente em lojas de produtos importados no Centro. "Este tipo de produto nós compramos sem ter a certeza da durabilidade", explica um comerciante em Crato.

Bom cenário

Apesar do retrospecto, as perspectivas de vendas este ano vêm melhorando no último mês. Com o bom histórico nos últimos amistosos, a seleção passa mais confiança, o que incentiva o consumo.          (Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.