Header Ads

Juazeiro terá tratamento contra o câncer infantil


Juazeiro do Norte pretende implantar um serviço de tratamento do câncer direcionado exclusivamente para crianças. A ideia deverá sair do papel em parceria com o Centro Universitário Dr. Leão Sampaio (Unileão) e com aportes financeiros do Governo do Ceará e iniciativa privada. Um dos objetivos do espaço especializado centraliza-se no diagnóstico precoce da doença. 

De acordo com o prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PTB), a ideia está em fase de planejamento. “Vamos conversar para discutir os detalhes e, consequentemente, trazer recursos. Vamos procurar os profissionais para mostrar e sentir o melhor local que se adéqua para que possamos ter eficiência, conforto e, sobretudo, um serviço de qualidade”, afirma. 

O Hospital Infantil Maria Amélia é um dos ambientes mais cotados para abrigar uma ala oncológica pediátrica. A unidade passará por uma reforma e ampliação, cujo processo de licitação teve início na quinta-feira (7). “Vai ser um dos melhores hospitais do nordeste brasileiro. Vamos dotar de centro cirúrgico, oferecer qualidade e conforto, tanto na área de emergência quanto na área do internamento propriamente dito, para tratamentos clínicos e cirúrgicos. Também estamos buscando fazer a ampliação para contemplar com a UTI Neo Natal”, enfatiza o prefeito. 

Tratamento 

Segundo a coordenadora do Serviço Social da Unileão, Márcia Figueiredo, muitas crianças da região do Cariri não alcançam a cura da doença devido à detecção tardia da enfermidade, já em estado avançado. Ela enfatiza cooperações entre a universidade e secretarias municipais de Saúde de Crato, Juazeiro e Barbalha, para o treinamento de profissionais da região. “Firmamos uma parceria com a Associação Peter Pan, que tem uma ala de oncologia pediátrica lá no Albert Sabin (hospital infantil em Fortaleza), para que os médicos e enfermeiros venham de lá e capacitem as equipes de Saúde da Família, inicialmente de Crato, Juazeiro e Barbalha, para a detecção precoce do câncer infantil”, explica. 

Atualmente, as crianças acometidas com a enfermidade são encaminhadas para tratamento em Fortaleza. A Unileão, recentemente, apoiou a manutenção de um imóvel na capital cearense para receber pacientes e familiares que os acompanham. O ambiente que servirá de apoio está em processo de montagem de mobiliário.             (Jornal do Cariri)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.