Header Ads

CBF oficializa convite para Tite seguir na Seleção Brasileira

FOTO: Benjamin Cremel

A CBF formalizou na madrugada deste sábado (7) um convite para Tite continuar na Seleção Brasileira. O chefe da delegação e futuro presidente da entidade, Rogério Caboclo, se reuniu com o técnico em Kazan, após a derrota para a Bélgica, por 2 a 1, que eliminou o Brasil da Copa do Mundo.

Eliminado nas quartas de final da Copa, Tite poderá ter um perdão inédito para técnicos da seleção brasileira. Nunca um técnico derrotado em Mundial foi mantido após uma eliminação.

Mesmo entre os vitoriosos, o único que permaneceu foi Zagallo, que renovou o contrato após vencer a Copa de 1970. Quatro anos depois, ele perdeu o torneio da Alemanha, em 1974.

Para Tite, o futuro presidente da CBF ofereceu as mesmas condições e estruturas que foram dadas nesses dois anos para a seleção.

Antes da partida que eliminou o Brasil, eles já tinham sentado para conversar e Caboclo havia dito que a CBF estava “orgulhosa” do trabalho e que queria a permanência da comissão técnica.

Naquele momento, eles acreditavam que Brasil conseguiria vencer a Bélgica e conquistar a vaga para a semifinal do Mundial. A proposta não estava condicionada a essa sequência.

Neste sábado (7), Tite pediu um tempo para responder ao cartola. Frustrado, vai tirar uns dias de folga e só depois irá à CBF falar sobre o seu futuro. O treinador vai se reunir com a família nos próximos dias e pensar.

Antes de ir à Rússia, ele já havia avisado que tiraria férias após o torneio.    (Folhapress)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.