Header Ads

Expocrato tem faturamento estimado em R$ 60 milhões

Apesar de ter sido inaugurado em 6 de julho, a reforma do
Parque Pedro Felício Cavalcanti, orçada em R$ 35 milhões,
ainda está em andamento. FOTO: Antonio Rodrigues
Crato. A organização corre contra o tempo para deixar o novo Parque Pedro Felício Cavalcanti pronto para receber a 67ª da Exposição Centro Nordestina de Animais e Produtos Derivados (Expocrato), que começa no sábado (14) e vai até o 22 de julho. São esperados mais de 400 mil visitantes de várias regiões do País. A expectativa é receber mais de 120 expositores e 10 mil animais, entre bovinos, equinos, caprinos, aves, peixes e roedores, nos nove dias de evento.

A Expocrato mobiliza uma grande mesa de negociação para criadores, agropecuaristas, fazendeiros, grandes e pequenos produtores do Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Alagoas. Hoje, se consolida como principal evento do tipo no Norte-Nordeste brasileiro e um dos maiores do País. Só bovinos, equinos e caprinos serão cerca de 3 mil; e ainda vão ser expostos outros 7 mil animais, entre aves, peixes e roedores. A presença do caririense se mantém forte: metade dos pavilhões destinados a bovinos será ocupada por pecuaristas locais. Uma unidade da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) funcionará no Parque para que todos animais cheguem e saiam saudáveis.

Além disso, criadores e agropecuaristas aproveitam a Expocrato e fazem novas aquisições em equipamentos, rebanho, investem em melhorias genéticas e consolidam redes de contatos.

Faturamento
O grupo gestor estima em R$ 60 milhões o faturamento, neste ano, em diversos setores dentro do evento, segundo informa a assessora jurídica do grupo, Suellen Fortaleza Pinheiro. Em 2015, a Expocrato chegou a atingir R$ 100 mi em negócios.

Para o secretário da Agricultura, Pesca e Aquicultura do Ceará, Euvaldo Bringel, a Expocrato é referência na área de desenvolvimento econômico agropecuário. "É um ponto de encontro. Ela conseguiu, assim como Barretos (SP), se firmar", destaca. É desse encontro de criadores que Euvaldo ressalta a atuação em outras frentes, como a melhoria genética de animais. "O melhor carneiro do Brasil vem para cá e a melhor raça de bovino também vem. Essa é a oportunidade que o pecuarista comum da região tem de se atualizar sobre criação, cuidados e a importância da melhoria genética e tecnológica", completa.

Cães e cavalos nobres
Neste ano, a Expocrato conta com uma novidade: a Expocão, onde serão apresentados 200 cães de raças nobres, no dia 22 de julho, no Ginásio Poliesportivo da Universidade Regional do Cariri (Urca) com entrada gratuita; e a Exposição Nacional de Cavalos da Raça Campolina, linhagem de equinos marchadores. Dentro desta ação, haverá uma competição para eleger os melhores animais.

Na tarde de ontem, representantes da Ematerce, Fetraece, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrário e do Grupo Gestor visitaram o Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti para conhecer o espaço destinado ao corredor da agricultura familiar. São esperados 140 produtores rurais do Cariri que irão vender produtos orgânicos nos nove dias. "Neste ano, o inverno foi razoavelmente bom, então têm muitos produtos. Estamos organizando e dividindo por município. Nossos agricultores vão trazer produtos de qualidade, sem agrotóxicos, para vender aos nossos visitantes", detalha o secretário municipal Zilcélio Alves.

Este espaço, que ficará na parte central do Parque, era uma preocupação da Pasta, pois, até então, o local da feira estava indefinido. "Neste ano, ainda teremos sérios problemas por falta de estrutura, porque queríamos umas barracas padronizadas. Não deu tempo, mas a gente sabe da pressa para entregar o Parque como um todo", lamenta.

No entanto, Zilcélio espera que este seja o pontapé para o projeto que está sendo elaborado que irá criar uma Feira de Negócios, com artesanato, agricultura familiar, equipamentos agrícolas, que possibilite a ocupação mensal do local. "Esse Parque é um grande presente e posso dizer que é um dos mais modernos do Nordeste. Nós vamos ter que cultivar, ocupando e dando vida, fazendo com que gere emprego e renda para o cratense", ressalta.

Reforma
Apesar de ter sido inaugurado no dia 6 de julho, a reforma do Parque Pedro Felício Cavalcanti ainda está em andamento. Orçada em R$ 35 milhões, ampliará a área de circulação e busca desafogar o trânsito na época do evento. Até uma avenida no entorno do equipamento foi criada. A área total de intervenção é de 33.605,40m².

A obra inclui novas edificações, como a Administração, dormitório para os tratadores (144 camas), instalações sanitárias, arquibancada, edifício para entidades, centro de manejo, marquises polivalentes, restaurantes, museu, área para artesanato, engenho, e renovação dos pavilhões existentes e toda a parte viária e de currais. São 4.434,30m² de reformas de construções existentes e um acréscimo de 11.137,50m² em novos edifícios.

O espaço de shows tem capacidade para receber mais de 30 mil pessoas. O palco do Festival Expocrato ainda está sendo montado. A estrutura contará com uma plataforma de 18m de altura por 60m de largura, capaz de suportar até 100 toneladas de equipamentos de som, luz e cenografia e por onde passarão diversas atrações regionais e nacionais. (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.