Header Ads

Três anos da Ciopaer no Cariri

FOTO: Virgilio Sawaki - Arquivo pessoal

A Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas, pertencente à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, completou na última quarta (11) três anos de implantação e serviços no Cariri. Com bases instaladas em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte, a Ciopaer integra tecnologia e ações em segurança tática e transporte intra-hospitalar de urgência, sendo referência em todo o país.

A base aérea da Ciopaer no Cariri localiza-se no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, contando com 30 profissionais da Policia Militar (PMCE), Polícia Civil (PCCE) e do Corpo de Bombeiros Militar (CBMCE). Atualmente, a Ciopaer é a maior unidade de aviação estadual do Norte/Nordeste, sendo considerada a maior operadora de aeronaves biturbina e homologadas para voo por instrumentos entre os órgãos estaduais brasileiros. Ela também é considerada como a operadora com serviço aeromédico público mais bem executado do País.

O comandante Virgilio Sawaki, Ten. Cel. BM e orientador da base da Ciopaer, atua no equipamento desde sua fundação. “Atendemos ocorrências policiais, busca e salvamento, resgate e remoção aeromédica. Esta última em uma parceria com o SAMU Ceará [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] através de convênio da SSPDS com Secretaria de Saúde.” afirma Sawaki. Em entrevista ao site Badalo ele informou que nesta sexta-feira (13), será feita uma breve comemoração junto a todo o corpo técnico.

Sawaki também avalia que a atuação da base abrange toda a região do Cariri, junto às fronteiras entre os estados da Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. Nestas operações há destaque para os serviços de remoção intra-hospitalar de pacientes para a capital e outras regiões, onde há o acompanhamento direto de médicos e enfermeiros do SAMU.

A Ciopaer também conta com o helicóptero modelo “Esquilo” (AS 350 B2), que incrementa as atividades de ações táticas na região e transporte de pacientes, mas há previsão de incrementação na frota. “A previsão é operarmos com um EC145, aeronave biturbina que voa 24h por dia e pode se deslocar para qualquer lugar dentro e fora do Estado a qualquer hora do dia e da noite”, destaca o comandante.      (Portal Badalo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.