Header Ads

Cid quer Camilo só cuidando da sua campanha

Na convenção em que seu nome foi homologado
para disputar a reeleição, o governador Camilo Santana não
falou nos nomes de Ciro e Lula (FOTO: KID JÚNIOR)
O desconforto causado com as fotos de Cid, Camilo e Izolda, entre as de Ciro e Lula, na convenção do PDT com o PT no último domingo, motivando a ausência de Cid no evento, é o norte para a montagem dos palanques dos candidatos à Presidência da República dos dois partidos. Os petistas querem Camilo fazendo campanha para Lula, enquanto Cid Gomes defende que o governador cuide apenas da sua própria campanha.

Ontem, na Assembleia Legislativa, correligionários do governador ligados a Ciro Gomes e a Lula, tratavam da questão, ao tempo em que Cid Gomes anunciava que ele cuidará da campanha do irmão Ciro, ao tempo que defendia neutralidade do governador Camilo Santana, em nome do projeto político estadual.

Na convenção do último domingo, em seu pronunciamento, o governador Camilo Santana não fez qualquer referência aos dois candidatos à Presidência da República, embora os petistas que organizaram a festa esperassem uma manifestação enfática sua, como fizera no dia anterior na convenção do MDB, em relação o seu apoio à reeleição do senador Eunício Oliveira, para quem também pedirá voto.

O silêncio de Camilo em relação à candidatura de Lula ou um seu substituto, aconteceu algumas horas depois de ele ter participado do Encontro de Táticas Eleitorais do PT cearense, que decidiu que ele estaria ao lado da candidatura petista ao Palácio do Planalto. (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.