Header Ads

Domingos e a esposa são candidatos à Assembleia Legislativa

Domingos Neto, presidente estadual do PSD, dividiu o palco
da convenção com os pais, Domingos Filho e Patrícia Aguiar,
e o senador Eunício. FOTO: Fabiane de Paula
O Partido da Social Democracia (PSD) realizou convenção estadual na manhã de ontem, em Fortaleza. Ficou decidido que a direção estadual está autorizada a fazer os acordos, até amanhã, para formar coligações. Outra decisão foi a homologação dos doze filiados que postularão vagas na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa, dentre eles, o conselheiro em disponibilidade do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Domingos Filho, e a esposa, a ex-prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, ambos ao Legislativo estadual.

Durante o encontro, os dirigentes da sigla defenderam a reeleição do governador Camilo Santana (PT), assim como a eleição de Cid Gomes (PDT) e Eunício Oliveira (MDB) para o Senado. Dentre membros de partidos aliados estiveram presentes um representante do DEM e o presidente do Congresso Nacional, o senador Eunício Oliveira.

Ex-presidente do extinto Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), o conselheiro em disponibilidade Domingos Filho se apresentou como candidato a deputado estadual. No entanto, o nome da ex-prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, foi colocado como opção caso Domingos Filho desista da postulação. O filho do casal, o deputado federal Domingos Neto, que preside o partido no Ceará, tentará reeleição para deputado federal.

"Temos uma decisão judicial que nos favorece. Já tiveram pedidos contra essa liminar na Justiça e os dois foram negados, por isso não vejo obstáculo para isso (a candidatura)", disse Domingos Filho, que estaria impedido de disputar uma vaga na Assembleia Legislativa por ser conselheiro em disponibilidade do TCE. "Não preciso renunciar a um cargo porque estou em disponibilidade, e não em exercício. O fundamento da liminar foi exatamente esse, e não há motivo para que não tenha meus direitos políticos assegurados".

O PSD decidiu, ainda, autorizar a executiva estadual a fazer os ajustes finais com relação às coligações proporcionais e majoritárias. Segundo Domingos Filho, há vários partidos em aliança com o governador Camilo Santana, cada um com interesse particular, o que vai fazer com que o resultado das alianças seja anunciado apenas no domingo, prazo final das convenções.    (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.