Header Ads

Em Juazeiro, educadores são capacitados em valores humanos

As vivências do curso serão repassadas para cinco escolas
do Município. FOTO: Antonio Rodrigues
Juazeiro do Norte. O Instituto Myra Eliane iniciou, ontem, o curso "Valores Humanos na Educação Infantil" para técnicos da rede pública de ensino deste Município no Cariri cearense. A formação visa proporcionar um desenvolvimento mais humano na base escolar para crianças entre os dois e cinco anos e 11 meses de idade. Ao todo, 35 educadores participam da capacitação que vai até sexta-feira (31), realizada em parceria com o Instituto Sathya Sai, no Instituto Juazeiro de Educação Superior.

O projeto é uma parceria do Instituto Myra Eliane com o Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAOPIJ) do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). Ele já foi iniciado em cinco municípios cearenses: Caucaia, Eusébio, Horizonte e São Gonçalo do Amarante e está em fase de implantação em Aquiraz, Maracanaú, Pindoretama e Redenção. Ao todo, 211 escolas aplicam a metodologia, beneficiando mais de 23 mil crianças.

Segundo Igor Queiroz Barroso, presidente do Instituto Myra Eline, o conteúdo do curso tem como diretrizes: o amor, a paz, a retidão, a verdade e a não-violência. "São cinco valores universais que já se encontram no ser humano em latência ou com potencial já otimizado", explica. Após as vivências teóricas e práticas, os coordenadores capacitados irão repassar o aprendizado para cinco escolas, informa.

O primeiro passo aconteceu no dia 2 de março com a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Instituto, o MPCE e a Prefeitura de Juazeiro do Norte. De lá para cá, um projeto de lei foi aprovado para implementação da metodologia que potencialize os valores humanos nas crianças e, ao mesmo tempo, estimule a universalização das creches no Município. No caso da Terra do Padre Cícero, até 2020, mais três unidades de ensino para o público da primeira infância deverão ser construídas.

Otimismo
A secretária de Educação, Maria Loureto, comemorou a chegada da primeira capacitação projetando resultados positivos com as ações já aplicadas pelo Município. "O Instituto vem agregar novos conhecimentos e sustentar uma didática mais próxima do nosso aluno", afirma. Os 35 técnicos que estão recebendo a capacitação, ela acredita que poderão atingir um público de 400 educadores.

O promotor de Justiça Flávio Corte Pinheiro acompanhou a capacitação e acredita que o projeto é importante, pois dentro do acordo, o Município fará um diagnóstico da carência das vagas em creches. "Nessa idade, a relação dos pais, escolas e crianças é mais forte", acredita.

Para a gerente de Educação Infantil, Lucélia Sampaio, o "Valores Humanos da Educação Infantil" vai somar com o programa Escola Integradora, trabalhado pelo Município, que tem como eixos o fortalecimento da gestão, aprendizagem e a comunidade na escola.   (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.