Header Ads

Urca realiza roda de conversa sobre suicídio com estudantes e profissionais

Urca realiza roda de conversa sobre suicídio com estudantes e profissionais. FOTO: Reprodução
Coordenado por estudantes da Liga de Saúde Mental da Urca [Universidade Regional do Cariri], aconteceu uma roda de conversa sobre suicídio na última quinta-feira (9) na unidade de ensino. O evento foi motivado em cima do questionamento sobre que impacto a graduação tem na saúde mental do estudante?  
 A reunião aconteceu no campus Pimenta e teve a professora de Enfermagem Cleide Correia, na coordenação do evento.  "Esse evento é um alerta. Nós temos dados alarmantes em relação ao suicídio no Brasil e na nossa região. Como se aproxima o Setembro Amarelo, temos o dever, enquanto instituição, de conhecer esses sinais de alerta para que possamos ter um manejo qualificado e os encaminhamentos necessários", disse a educadora.   O incentivo à socialização entre os estudantes foi um dos objetivos da roda de conversa. A necessidade de se abordar assuntos como ansiedade e depressão e de que os acadêmicos expressem seus sentimentos também estiveram em pauta. 
 Segundo a estudante Alícia Tomás, integrante da Liga de Saúde Mental, muitos alunos se sentem pressionados ante as exigências do ensino superior.   De acordo com o psicólogo clínico Thomaz Edson, um dos membros da mesa formada também por enfermeiros e psicopedagogos, os profissionais de saúde mental precisam estar atentos aos sinais dos pacientes. Ele enfatiza sinais que emitem pessoas pretensas ao suicídio.

"Para elas ou é tudo ou é nada. Não há alternativa. A mentalidade delas é muito rígida e a única saída é a morte e o suicídio começa a vir muito mais forte", afirmou ao explicar maneiras de identificar pessoas com potencial de atentar contra a própria vida, como o comportamento retraído e mudanças de personalidade. (Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.